Máscaras N95 descartáveis podem ser descontaminadas

Máscaras N95 podem ser descontaminadas para até três utilizações, diz estudo
-Publicidade-
Pablo Jarrín / Wikimedia Commons
Pablo Jarrín / Wikimedia Commons

Pesquisadores americanos confirmaram que vários métodos são efetivos para exterminar o coronavírus do equipamento para um ou dois reúsos

Pablo Jarrín / Wikimedia Commons

Estudiosos confirmaram que existem diversas maneiras de descontaminar máscaras N95, usadas por profissionais de saúde, anunciou o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos nesta quarta-feira. Assim, esses trabalhadores poderiam utilizá-las mais de uma vez.

-Publicidade-

O tema vem sendo bastante discutido desde março devido à constante falta do material durante a pandemia de covid-19. Nas últimas semanas, o Food and Drugs Administration (FDA) – que coordena diversos aspectos da saúde americana – , aprovou emergencialmente diversas maneiras de descontaminação de máscaras.

Nenhuma das regras ou métodos foram pensados para as máscaras de pano recomendadas ou requeridas em alguns lugares para uso em público. Para essas, o ideal é que se use a máquina de lavar mesmo.

Os novos experimentos com a N95 foram realizados no Rocky Mountain Laboratories of the National Institute of Allergy and Infectious Diseases e usou uma cepa viva do SARS-CoV-2 para testar o material da máscara e determinar que métodos eram mais efetivos e como afetavam a integridade delas.

O estudo foi publicado no MedRxiv, site que publica artigos ainda não expostos a revisão de outros médicos. Mas os cientistas optaram por torná-lo público por ser útil neste momento de crise, validando trabalho anteriores.

Quatro métodos foram testados: luz ultravioleta, calor seco, água oxigenada vaporizada e álcool etílico.

Com água oxigenada vaporizada, método de fácil acesso em hospitais, as máscaras puderam continuar em uso por até três reutilizações, assim como com as luzes ultravioletas. Com calor seco de 70 graus Celsius, apenas duas vezes, mas com a vantagem de qualquer pessoa ter um forno que chega a essa temperatura em casa. O álcool etílico também danificou a máscara após duas lavagens.

Não é recomendado que o público em geral compre e utilize máscaras N95, justamente porque elas estão em falta e são muito necessárias para os médicos e enfermeiros no combate ao coronavírus. Contudo, as descobertas sobre a descontaminação vão servir para que esses profissionais consigam se manter seguros mesmo com uma quantidade reduzida delas ainda circulando no mercado durante um tempo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.