Na Venezuela, fila de vacinação prioriza políticos

Imunização contra covid-19 deve começar no país amanhã, quinta-feira 18
-Publicidade-
O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro
O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro | Foto: Reprodução/Twitter

Após a chegada de 10 mil doses da vacina russa Sputnik V, o ditador Nicolás Maduro anunciou que a vacinação contra a covid-19 começará amanhã, quinta-feira 18, na Venezuela. De acordo com o plano de imunização do país, os grupos prioritários reúnem não apenas profissionais da saúde, mas também deputados — 92% deles são aliados ao chavismo —, funcionários do governo e policiais, segundo informações da AFP.

O plano de vacinação inclui “autoridades que pelo trabalho de rua justifiquem […] sua proteção especial para que o Estado continue sua marcha”, afirmou Maduro. Na lista dos fura-filas constam também o ditador, sua esposa e o filho do casal.

-Publicidade-
Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comments

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site