O governo manterá o teto de gastos, garante Bolsonaro

Presidente disse que não permitirá que as medidas adotadas para mitigar os efeitos da covid-19 virem gastos fixos
-Publicidade-
Presidente Jair Bolsonaro voltou a reafirmar o compromisso com a estabilidade econômica do país
Presidente Jair Bolsonaro voltou a reafirmar o compromisso com a estabilidade econômica do país | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta terça-feira, 26, que o governo manterá o teto de gastos e não vai permitir que as medidas adotadas para mitigar os efeitos da pandemia do coronavírus virem gastos fixos. A fala do presidente ocorre em meio à pressão para a volta do auxílio emergencial à medida que o número de infecções cresce e regras de isolamento social se tornam mais rígidas.

“Manteremos firme o compromisso com a regra de despesas como âncora de sustentabilidade e credibilidade econômica. Não vamos deixar que medidas temporárias, relacionadas com a crise, tornem-se compromissos permanentes de despesas” disse Bolsonaro. “Nosso objetivo é passar da recuperação baseada no apoio ao consumo para o crescimento sustentado pelo dinamismo do setor privado.”

Leia também: “PEC Emergencial fica para 2021”

-Publicidade-

Com informações da Jovem Pan

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.