OMS: Vacinas não impedirão surtos de coronavírus no curto prazo

Declaração do chefe do programa de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS) foi feita durante um evento de mídia social
-Publicidade-

Declaração do chefe do programa de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS) foi feita durante evento de mídia social

Dr. Mike Ryan, diretor executivo da OMS
Dr. Mike Ryan, diretor executivo da OMS | Foto: Reprodução/Youtube
-Publicidade-

O chefe do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Mike Ryan, disse na quarta-feira 2, que não haverá vacinas suficientes para conter os surtos de coronavírus nos próximos três a seis meses. A declaração foi feita durante um evento de mídia social.

Leia também: “Coronavírus: OMS registra queda de novos casos na Europa”

Mike Ryan pediu ainda que as pessoas mantenham o distanciamento social e respeitem outras medidas a fim de restringir a disseminação da covid-19.

Não deixe de conferir a reportagem que ‘Oeste’ publicou sobre tratamento precoce

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site