-Publicidade-

Pazuello não descarta uso da vacina russa no Brasil

Pazuello não descarta uso da vacina russa no Brasil
Ministro já se reuniu com autoridades russas | Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Ministro já se reuniu com autoridades russas | Dida Sampaio/Estadão Conteúdo | Vacina Brasil

No entanto, o ministro interino da Saúde afirmou que os estudos da vacina ainda são “rasos” e que a compra pelo Brasil depende do aval da Anvisa

Vacina Brasil
Ministro já se reuniu com autoridades russas | Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta quinta-feira, 13, que o governo brasileiro não descarta a compra da vacina russa contra o novo coronavírus. Contudo, ele destacou que o os estudos sobre o imunizante “está muito incipiente” e as informações estão “muito ainda rasas”.

De acordo com Pazuello, a pasta já se reuniu com o governador do Paraná, Ratinho Junior, representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da empresa que desenvolve a vacina e da embaixada russa no Brasil. O Paraná anunciou que firmará acordo com a Rússia para a produção da vacina.

“Tá muito incipiente. As posições estão muito rasas. Vai ter muita negociação, muito trabalho para que isso seja, de uma forma efetiva, digamos, avalizado pela Anvisa para que possamos discutir a compra”, afirmou o ministro durante sessão da comissão mista do Congresso.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês