-Publicidade-

Quem serão os primeiros vacinados contra a covid-19 no Brasil?

"Pessoas privadas de liberdade" estão inseridas em programa

“Pessoas privadas de liberdade” estão inseridas em programa anunciado pelo Ministério da Saúde

programa de vacinação - grupos a serem vacinados
Ministério definiu grupos a ser vacinados prioritariamente contra a covid-19 | Foto: Canva

O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira, 1º, detalhes do futuro plano nacional de vacinação contra a covid-10 no país. Segundo a pasta, o projeto contará com quatro fases. Cada etapa terá foco em determinados grupos de pessoas.

Leia mais: “Ministério da Saúde: plano de vacinação contra a covid-19 depende de aprovação da Anvisa”

Assim, de acordo com a projeção divulgada hoje, a vacinação se dará da seguinte forma:

1ª fase

  • Profissionais da área de saúde;
  • Pessoas com 75 anos ou mais;
  • Idosos de qualquer idade que vivem em asilo;
  • Povos indígenas.

2ª fase

  • Pessoas de 60 a 74 anos de idade.

3ª fase

  • Pessoas com comorbidades, como doenças cardíacas e/ou problemas renais.

4ª fase

  • Professores;
  • Profissionais da área de segurança pública;
  • Trabalhadores do sistema prisional;
  • Detentos (classificados como “pessoas privadas de liberdade” no projeto sobre futuros vacinados).

De acordo com o Ministério da Saúde, a soma desses grupos prioritários chega 109 milhões de brasileiros. Num primeiro momento, o governo federal tem firmado acordo para receber mais de 100 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus a ser produzida pela Universidade de Oxford (Reino Unido) em parceria com o laboratório Astrazeneca.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês