SP é penúltimo em ranking de transparência sobre a covid-19

Ranking feito pela Transparência Internacional Brasil mostra São Paulo em melhor situação apenas que Roraima.
-Publicidade-

Ranking feito pela Transparência Internacional Brasil mostra Estado em melhor situação apenas que Roraima

Clique na imagem para ampliar
-Publicidade-

A Transparência Internacional Brasil divulgou o ranking da transparência dos Estados e capitais com relação aos gastos com a covid-19.

A avaliação foi feita de acordo com a prestação de contas realizada nos sites dos avaliados.

Entre os Estados, o mais transparente foi o Espírito Santo, que obteve 97,4 pontos de cem possíveis, seguido por Distrito Federal (88,6), Goiás (84,8) e Paraná (81). Todos eles foram considerados ótimos em apresentar os dados.

Na ponta oposta da tabela, São Paulo, com 27,8 pontos e Roraima, com 22,1 pontos foram considerados ruins na apresentação.

Veja a lista completa:

Entre as capitais, as únicas a conseguirem o conceito “ótimo” foram João Pessoa (PB), com 88,6 pontos e Goiânia (GO), com 83,5.

A lista das capitais consideradas ruins em apresentar suas prestações de contas, porém, contou com nove cidades, que, por sua vez, obtiveram notas entre 39,2 e 21,5:

  • Maceió
  • Porto Alegre
  • Teresina
  • Boa Vista
  • Manaus
  • Macapá
  • Curitiba
  • Natal
  • Florianópolis

Belém (PA) teve a transparência avaliada como péssima, somando tão somente 18,9 pontos.

As capitais São Paulo e Rio de Janeiro conseguiram se manter no meio da tabela, entre os que têm prestação regular, com 49,3 e 40,5 pontos, respectivamente.

Leia também: A verdade por trás dos números da covid-19

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. João Doria está acabando com São Paulo!
    Os paulistas viraram cobaias do governador e do prefeito da capital.
    O pior de tudo é que ele gostou do jogo de bancar o grande ditador, uma vez que a população (c)ordeira enfiou o rabo entre as pernas e se comporta que nem vaca de presépio.
    Teje preso!!!

    1. O problema de São Paulo e Rio de Janeiro não foi falta de recursos financeiros da União, o que faltou foi competência dos governadores Doria e Witzel.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site