-Publicidade-

Reino Unido reduz número de mortos por covid-19 após mudança de metodologia

O novo método de contagem reduziu em mais de 5.000 o número de vítimas 
Luta contra a Covid-19 estimula pesquisa de edição genética | Foto: FREEPIK
Luta contra a Covid-19 estimula pesquisa de edição genética | Foto: FREEPIK | edição genética - pesquisadores da usp - novo coronavírus

O novo método de contagem reduziu em mais de 5.000 o número de vítimas

Ilustração | Fusion Medical Animation/Unsplash

Após revisão na metodologia de contagem de mortes por covid-19, o Reino Unido reduziu em mais de 5.000 o número de vítimas pela doença. O governo resolveu adotar novo método ao desconfiar que parte das mortes atribuídas à covid-19 não foi causada pelo coronavírus.

A partir de agora, as autoridades publicarão diariamente o número de mortes ocorridas nos 28 dias após o resultado positivo do teste da covid-19, informou o Departamento de Saúde.

Leia o artigo de Guilherme Fiuza: “100 mil: quanto morreram de covid-19?”

Com a adoção do novo método, a Grã-Bretanha corrigiu os dados e registra um número oficial de mortos por covid-19 de 41.329, em vez dos 46.706 registrados no sistema antigo, de acordo com informações da Reuters. 

Clique aqui e acompanhe os números da covid-19 no Brasil e no mundo 

Anteriormente, na Inglaterra, não havia tempo limite para registrar mortes após um teste positivo, o que levou pesquisadores a suspeitar de que algumas pessoas estavam sendo registradas como vítimas da covid-19, quando poderiam ter morrido de outras causas.

“A forma como contamos as mortes de pessoas com covid-19 na Inglaterra foi originalmente escolhida para evitar subestimar as mortes causadas pelo vírus nos estágios iniciais da pandemia”, disse John Newton, diretor de melhoria da saúde do Public Health England.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Tudo está vindo a tona agora, fomos manipulados, e q não reste nenhuma dúvida sobre isso. Agora a China recomenda o usa dacloroquina. Safados, Todos safados, queriam destruir a economia do país para dominar o Brasil. Muitos governantes terão q prestar conta a população pelo incentivo de mortes motivada pela política do boicote a cloroquina. Vcs vão pagar isso nas ruas safados. A população não vai deixar vcs saírem mais nas ruas.

    1. A verdase vira a tona. Nao acharei eatranho se o numero de miryes no brasil de covid nao oassar dw 65 mil. Lamenravel do mesmo jeito mas isso comprovara a manipulacao com interesses escusos. Sem falar nos que poderiam ter recebodobtratamebto na fase inicial e não puderam ter

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês