Rio começa nova fase da reabertura econômica nesta terça-feira

Sexta fase do plano foi dividido em partes A e B, com esta prevista para ser iniciada apenas em 1° de outubro.
-Publicidade-
Nova fase do plano de reabertura do Rio libera museus e parques da cidade | Foto: Tomaz Silva/Wikimedia Commons
Nova fase do plano de reabertura do Rio libera museus e parques da cidade | Foto: Tomaz Silva/Wikimedia Commons | cidade do rio de janeiro, fases, reabertura econômica, plano de retomada econômica, crise do coronavírus,

Sexta fase do plano foi dividido em partes A e B, com esta prevista para ser iniciada apenas em 1° de outubro

cidade do rio de janeiro, fases, reabertura econômica, plano de retomada econômica, crise do coronavírus,
Nova fase do plano de reabertura do Rio libera museus e parques da cidade
Foto: Tomaz Silva/Wikimedia Commons

A cidade do Rio de Janeiro vai passar nesta terça-feira, 1° de setembro, para a fase 6A do Plano de Retomada das Atividades Econômicas. A prefeitura do Rio decidiu separar em A e B as próximas fases de abertura econômica. Não é a primeira vez que há divisão das etapas.

-Publicidade-

Isso já tinha ocorrido na Fase 3, e o motivo é que nessas duas etapas está concentrado um número maior de atividades, o que, na análise da administração municipal, poderia provocar impacto maior nas curvas de contaminação.

A Fase 6B está prevista para o dia 1º de outubro.

A série de fases no Plano de Retomada das Atividades Econômicas termina com a 6B.

A partir daí, a prefeitura decidiu que começará, em princípio em 1º de novembro, o período conservador, que vai seguir até o ano que vem, quando se espera que já exista a vacina contra a covid-19 ou uma situação de maior equilíbrio em relação à doença.

Nessa etapa, a mudança das fases terá um período de avaliação mais extenso, por concentrar um número maior de liberações que precisam ser acompanhadas por mais tempo. Com isso, as avaliações serão feitas a cada 30 dias e não 15, como eram realizadas anteriormente.

Museus e parques

Na Fase 6A fica liberado o funcionamento dos museus, galerias de arte e de exposição, bibliotecas, parques de diversões e centros culturais, desde que mantenham os protocolos sanitários exigidos pela prefeitura para impedir a propagação da covid-19, como evitar aglomeração, garantir a higienização, o uso de máscaras e álcool em gel.

Na área de educação, podem voltar presencialmente os cursos de profissionalização e capacitação.

Sob contestação jurídica, as creches devem permanecer fechadas.

A prefeitura permitiu ainda o funcionamento das casas de festas infantis, com restrição de um terço da capacidade. A justificativa para a liberação é que esses locais têm um número menor de frequentadores, ao contrário das casas de festas para adultos, que continuam com o acesso proibido e vão ficar para a fase posterior.

Também foram reabertos os espaços kids dos shoppings. Como critério de segurança, esses estabelecimentos terão de afixar na entrada a capacidade e a limitação naquele dia de acordo com o critério de um terço.

Não houve alteração nas regras para bares e restaurantes.

O comércio permanece com o horário de funcionamento depois de 11 horas da manhã e nos fins de semana com início às 9 horas. Os ambulantes também continuam podendo trabalhar e os salões de beleza somente com agendamento, assim como as academias, ainda que as aulas de hidroginástica sigam suspensas, uma vez que o público predominante é composto de gestantes e idosos.

Na área de saúde, os atendimentos eletivos foram retomados, e a previsão é que as cirurgias de catarata voltem em setembro. Ainda não foi dessa vez que se liberaram os cinemas, teatros e arenas culturais.

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site