-Publicidade-

Vacina da Moderna é eficaz contra cepas do coronavírus

Anúncio foi feito pela empresa responsável pelo imunizante
Resultados serão publicados em revistas científicas
Resultados serão publicados em revistas científicas | Foto: Adriana Toffetti/Estadão Conteúdo

O imunizante experimental contra a covid-19 desenvolvido pela farmacêutica Moderna é capaz de neutralizar variantes do coronavírus. Tratam-se das cepas que foram identificadas em 2020, no Reino Unido e na África do Sul. É o que informou a empresa responsável pelo protótipo, na segunda-feira 25. “A vacina da Moderna produziu títulos neutralizantes contra todas as variantes emergentes testadas, incluindo B.1.1.7 e B.1.351, identificadas pela primeira vez no Reino Unido e na República da África do Sul, respectivamente”, garantiu a companhia, em comunicado divulgado à imprensa.

“O estudo não mostrou impacto significativo nos títulos neutralizantes contra a variante B.1.1.7 em relação às variantes anteriores. Uma redução de seis vezes nos títulos neutralizantes foi observada com a variante B.1.351 em relação às variantes anteriores. Apesar desta redução, os níveis de título de neutralização com B.1.351 permanecem acima dos níveis que se espera sejam protetores”, acrescentou a Moderna. Os resultados ainda não foram publicados em revistas científicas. Hoje, a vacina desenvolvida pela empresa é aplicada em duas doses. Contudo, a Moderna anunciou que vai testar uma terceira dose.

Leia também: “A supervacina”, reportagem publicada na edição 39 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês