-Publicidade-

Vereadores do interior de SP aprovam projeto de lei que torna bar atividade essencial

Restaurantes, academias, comércios, salões de beleza, 'shoppings' e praças de alimentação também entram na lista
O vereador Mauricio Gouvea (PSDB) | Foto: Divulgação/Câmara de Catanduva

Os vereadores de Catanduva, cidade do interior paulista, aprovaram na terça-feira 2 um projeto de lei que torna bares e restaurantes, academias, comércios, salões de beleza, shoppings e praças de alimentação atividades essenciais. A proposta foi apresentada em regime de urgência pelo vereador Mauricio Gouvea (PSDB) e aprovada por unanimidade, segundo informa o portal Diário da Região. Na tribuna, Gouvea fez um apelo ao governador João Doria (PSDB). “Olha para esses pais de família, que apenas querem trabalhar; a preservação da vida é muito importante, mas temos que ter coerência e governar para todos de forma igualitária e coerente”, afirmou. Com a medida, esses estabelecimentos ficam de fora das restrições mais rígidas da “fase vermelha” do Plano São Paulo, definidas pela equipe do governador paulista João Doria, podendo abrir e realizar atendimento presencial ao público.

Leia também: “Os tecnocratas da pandemia”, artigo publicado na Edição 45 da Revista Oeste

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Vai aí uma singela sugestão para os leitores e eleitores: vamos encaminhar uma proposta de Projeto popular para tornar as Câmaras de Vereadores um atividade NÃO essencial. O Brasil tem 57 mil vereadores que custam quase 10 Bilhões por ano aos cidadãos pagadores de impostos. Com esse valor calcula-se que poderiam ser construídas milhares de creches e escolas e postos de saúde.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês