Coronavírus: se fosse um país, SP teria mais mortes por milhão que o Brasil

Num 'ranking' mundial fictício, os paulistas aparecem na 14ª posição, enquanto o Brasil está na 21ª
-Publicidade-
Movimentação intensa de pessoas no centro da cidade de Campinas (SP), nesta sexta-feira (10/07/20) | Foto: Wagner Souza/Futura Press/Estadão Conteúdo
Movimentação intensa de pessoas no centro da cidade de Campinas (SP), nesta sexta-feira (10/07/20) | Foto: Wagner Souza/Futura Press/Estadão Conteúdo
Campinas
A nação fictícia teria registrado 1.137 mortes para cada milhão de habitantes enquanto no Brasil o número estaria em 973 | Foto: Wagner Souza/Futura Press/Estadão Conteúdo

Caso o Estado de São Paulo fosse um país independente, o número de mortos com a covid-19 por milhão de habitantes seria maior do que no resto do Brasil. A nação fictícia teria 1.137 mortes para cada milhão. No Brasil, o número cairia dos atuais 1.007 para 973 — a quantidade total de vítimas seria cerca de 163 mil, bem abaixo das 214 mil atuais.

-Publicidade-

Num ranking com todos os países com mais de 1 milhão de habitantes, São Paulo estaria na 14ª posição. A Suécia, que não impôs restrições severas à população, apareceria no 18º lugar e o Brasil no 21º.

O levantamento, feito por Oeste, levou em consideração os números apresentados pelo governo brasileiro (dados do Brasil), pelo governo paulista (São Paulo) e pela Organização das Nações Unidas para o restante do mundo, registrados até o dia 21 de janeiro de 2021.

Leia também: “Covid-19: distribuição da vacina da Oxford no Brasil pode começar amanhã, afirma Bolsonaro”

Confira o ranking mundial de mortes por covid-19 em países com mais de 1 milhão de habitantes, considerando São Paulo como uma nação independente:

1º — Bélgica
Mortes por milhão de habitantes: 1.775
Total de mortes: 20.572
População: 11.589.616

2º — Eslovênia
Mortes por milhão de habitantes: 1.656
Total de mortes: 3.442
População: 2.078.932

3º — República Tcheca
Mortes por milhão de habitantes: 1.398
Total de mortes: 14.973
População: 10.708.982

4º — Itália
Mortes por milhão de habitantes: 1.384
Total de mortes: 83.681
População: 60.461.828

5º — Bósnia e Herzegovina
Mortes por milhão de habitantes: 1.378
Total de mortes: 4.521
População: 3.280.815

6º — Reino Unido
Mortes por milhão de habitantes: 1.374
Total de mortes: 93.290
População: 67.886.004

7º — Macedônia
Mortes por milhão de habitantes: 1.315
Total de mortes: 2.739
População: 2.083.380

8º — Bulgária
Mortes por milhão de habitantes: 1.245
Total de mortes: 8.651
População: 6.948.445

9º — Hungria
Mortes por milhão de habitantes: 1.212
Total de mortes: 11.713
População: 9.660.350

10º — Estados Unidos
Mortes por milhão de habitantes: 1.204
Total de mortes: 398.435
População: 331.002.647

11º — Peru
Mortes por milhão de habitantes: 1.184
Total de mortes: 39.044
População: 32.971.846

12º — Espanha
Mortes por milhão de habitantes: 1.169
Total de mortes: 54.637
População: 46.754.783

13º — Croácia
Mortes por milhão de habitantes: 1.154
Total de mortes: 4.738
População: 4.105.268

14º — São Paulo
Mortes por milhão de habitantes: 1.137
Total de mortes: 50.938
População: 44.782.419

15º — Panamá
Mortes por milhão de habitantes: 1.127
Total de mortes: 4.864
População: 4.314.768

16º — México
Mortes por milhão de habitantes: 1.108
Total de mortes: 142.832
População: 128.932.753

17º — França
Mortes por milhão de habitantes: 1.092
Total de mortes: 71.261
População: 65.273.512

18º — Suécia
Mortes por milhão de habitantes: 1.069
Total de mortes: 10.797
População: 10.099.270

19º — Armênia
Mortes por milhão de habitantes: 1.019
Total de mortes: 3.021
População: 2.963.234

20º — Argentina
Mortes por milhão de habitantes: 1.019
Total de mortes: 46.066
População: 45.195.777

21º — Brasil (com São Paulo)
Mortes por milhão de habitantes: 1.007
Total de mortes: 214.147
População: 212.602.030

Brasil (sem São Paulo)
Mortes por milhão de habitantes: 973
Total de mortes: 163.209
População: 167.819.611

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 comentários

  1. Prezados, a bem da verdade, São Paulo é o décimo estado em mortes por milhão. O RJ é o primeiro.
    Não estou defendendo SP, como estado mais rico, deveria ser melhor!
    Apenas acho que estatística não deveria ser usada dessa forma.

    1. Imagino que o foco seja São Paulo mesmo, dada à postura de seu Governador e do Prefeito, tanto pelas restrições impostas lá (lacrar portas de lojas), quanto por suas falácias criminosas contra outros profissionais de medicina que salvam vidas pela utilização de outros métodos, quanto por levarem aos 4 ventos que eles sim é que são os donos da verdade e da ciência, os autênticos salvadores do mundo, bem como ao desrespeito, afronta e tentativas de derrubadas constantes de nossa Democracia.
      Poderia falar mais, incluir China na história, mas São Paulo não merece isso!

  2. Cadê o Judiciário para ajudar a população a salvar os seus empregos e a sua renda ? Ou será que morrer de fome é melhor do que morrer de coronavírus ?

  3. É triste todas essas mortes em São Paulo, quanto em outro lugar.
    E muito mais triste porque ocorreram por conta de uma briga política mantida por um grupo de brasileiros medíocres, sabotadores e traidores, que se sentem prejudicados com a nova postura do Executivo.
    Dever-se-ia apurar todas as responsabilidades dos políticos envolvidos na manutenção limitada de recursos (remédios) à população, todos os órgãos da imprensa que só pensam em benefício próprio, de vários aspectos, em razão de suas desinformações propositadas, bem como o STF, esse por mais absurdo que possa parecer, por obrigar o povo, além de se manter com os limitados recursos médicos, a sofrimentos de liberdade, econômicos e psicológicos.
    Não são pessoas, não são brasileiros!

  4. É complicado acreditar em dados divulgados no Brasil, há muita manipulação, hoje por exemplo fiquei sabendo que em determinado lugar no nordeste estão escondendo o número real de mortos, mas isso é ilusório porque os atestados de óbitos revelarão os verdadeiros números…

  5. Está toda errada a estatística utilizada na matéria. Triste ver tantos dados falsos.
    São Paulo é o 13º estado com mais mortes por milhão no Brasil. Os dois primeiros são RJ e AM.
    No mundo, o primeiro país com mais mortes é Portugal e o Reino Unido é o segundo.
    O Brasil está em 13º.

    Não estou afirmando que São Paulo e o
    Brasil estão bem, mas é preciso tomar cuidado com o uso de dados falsos.

  6. São Paulo tem 1 PIB (Produto Interno Bruto) equivalente ao da soma de 4.305 municípios, ou 77,3% das cidades brasileiras. Em comparação a outros estados e regiões do país, sua população supera a soma dos estados de Minas Gerais e do Rio de Janeiro (38.433.734 habitantes). Há mais habitantes em São Paulo do que nos estados da Região Sul (29.975.984 habitantes), da Região Norte (18.430.980 habitantes) e Centro-Oeste (16.297.074 habitantes). A população paulista também é superior a países como o Canadá (35.881.659), Peru (31.331.228), Austrália (23.470.145), Chile (17.925.262), Holanda (17.151.228), Portugal (10.355.493) e Uruguai (3.369.299). Além dos erros já mencionados nos comentários anteriores, a matéria de Artur Piva parece pretender apenas justificar a briga pueril de Bolsonaro com Dória. É uma pena apresentar recortes sectários em detrimento do jornalismo da Oeste.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.