Corregedoria do MPF não vê irregularidades em acordo de leniência da Odebrecht na Lava Jato

Tratativas para colaboração da empresa haviam sido questionadas pelos advogados de Lula junto ao Supremo Tribunal Federal (STF)
-Publicidade-
Acordo de leniência da Odebrecht com o MPF não teve irregularidades, conclui apuração preliminar
Acordo de leniência da Odebrecht com o MPF não teve irregularidades, conclui apuração preliminar | Foto: Divulgação

A Corregedoria do Ministério Público Federal (MPF) concluiu que não houve irregularidades nas tratativas feitas por procuradores da Lava Jato no Paraná para fechar o acordo de leniência da Odebrecht no âmbito da operação que investigou um megaesquema de corrupção na Petrobras durante os governos petistas de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

O acordo havia sido questionado pelos advogados de Lula junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), com base nas mensagens apreendidas na Operação Spoofing, obtidas depois da invasão hacker em celulares de diversas autoridades, entre as quais procuradores da Lava Jato.

Leia mais: “Lewandowski suspende últimas investigações da Lava Jato contra Lula”

-Publicidade-

Conduzida pela Procuradoria-Geral da República (PGR), a apuração interna não encontrou elementos que indicassem qualquer ilegalidade nas negociações para o acordo de leniência com a empresa e defendeu o arquivamento da investigação.

Leia também: “Justiça arquiva investigação sobre tráfico de influência de Lula”

“Não tendo sido declinada qualquer conduta configuradora de violação de dever funcional pelos membros integrantes da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, os quais comprovaram o exercício de suas atribuições institucionais em sintonia com o postulado da legalidade, o encerramento de qualquer procedimento investigatório, conforme proposto pela autoridade sindicante, reflete a solução jurídica mais consentânea à realidade dos autos”, escreveu a corregedora-geral do Ministério Público Federal, Elizeta de Paiva Ramos.

Leia também: “Juíza rejeita pedido do MPF e mantém suspensa investigação sobre sítio de Atibaia”

Com informações da TV Globo

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.