Covid-19: Brasil passa de 1 milhão de vacinados com dose de reforço

Dose extra está sendo aplicada em idosos acima de 60 anos, imunossuprimidos e profissionais da saúde
-Publicidade-
Público prioritário foi escolhido em razão do riscos de formas graves da doença
Público prioritário foi escolhido em razão do riscos de formas graves da doença | Foto: Governo do Estado de São Paulo

A vacinação contra a covid-19 com a dose de reforço já alcançou 1.105.868 de brasileiros. O dado é do Ministério da Saúde (MS). De acordo com a pasta, a marca de 1 milhão foi ultrapassada em 2 de outubro, “em duas semanas” da aplicação extra do imunizante.

O ciclo do reforço vacinal está sendo realizado em idosos acima de 60 anos, imunossuprimidos e profissionais de saúde. O MS afirma que o público escolhido como prioritário para a dose extra está entre “os grupos com maiores riscos de acometimento pelas formas graves e óbito causados pela doença”. O órgão destaca que a aplicação é feita preferencialmente com o imunizante da Pfizer.

-Publicidade-

Leia também: “Fiocruz: ‘Há fortes motivos para se acreditar no fim da pandemia no começo de 2022′”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.