Covid-19: UTIs paulistas têm a menor lotação desde abril de 2020

São menos de 2 mil pacientes internados nos leitos de alta complexidade do Estado
-Publicidade-
A ocupação de UTI está quase 7 vezes menor que no pico
A ocupação de UTI está quase 7 vezes menor que no pico | Foto: Divulgação/Agência Brasil

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) de São Paulo contabilizou menos de 2 mil pacientes com a covid-19 internados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) em todo o território estadual neste sábado, 10. De acordo com os dados, são 1.991 leitos de alta complexidade ocupados em razão da doença, o menor número desde 6 de abril do ano passado (1.966).

Leia também: “A evolução da doença no Brasil e no mundo”, painel de Oeste sobre a pandemia

Incluindo a ocupação das acomodações de enfermaria (2.180), o Estado tem 4.171 hospitalizados pela doença. “Esses balanços também estão próximos aos verificados no decorrer da primeira semana de monitoramento do impacto da pandemia”, afirma a SES em nota. O órgão afirma ainda que, em relação ao pico, “a demanda por UTIs é 6,5 vezes inferior atualmente e, nas enfermarias, oito vezes menor”.

-Publicidade-

Leia mais: “Covid-19: Saúde tem o menor registro de mortes em 24h do ano”

Os números das autoridades paulistas contabilizam, aproximadamente, 4,4 milhões de pacientes contaminados desde o surgimento da covid-19. Deles, 4,2 milhões (aproximadamente 96% do total) estão curados, 150 mil morreram e cerca de 29 mil seguem em tratamento.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.