Covid-19: Ministério da Saúde destina R$ 1,2 bilhão para custeio de leitos de UTI

São Paulo, o Estado mais populoso do país, ficou com a maior fatia: R$ 299,5 milhões
-Publicidade-
Foto: Governo do Estado de São Paulo/flickr
Foto: Governo do Estado de São Paulo/flickr

Na terça-feira 17, o Ministério da Saúde liberou R$ 1,2 bilhão para a manutenção de leitos de UTI em todo o Brasil. A verba é destinada ao custeio de 25.404 vagas deste tipo para pacientes em tratamento contra a covid-19 no mês de julho: 24.971 de uso adulto e 433 para utilização pediátrica.

Leia também: “Brasil terá plano nacional de testagem para covid-19”

Em média, o custeio diário para cada unidade saiu por R$ 1,5 mil. São Paulo, o Estado mais populoso do país, ficou com a maior fatia (R$ 299,5 milhões) e registrou o número mais expressivo de leitos de alta complexidade com recursos federais para o combate à doença (6.192).

-Publicidade-

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro