Defesa Civil de Minas Gerais alertou para o desastre em Capitólio

Apesar do alerta, de 70 a 100 turistas estavam passeando no local
-Publicidade-
Foto: reprodução YouTube
Foto: reprodução YouTube

A Defesa Civil de Minas Gerais alertou para a possibilidade de problemas na região da lagoa Capitólio duas horas antes do desastre que matou sete pessoas. Com as chuvas intensas, a DF avisou sobre a possibilidade de ocorrer uma “cabeça d’água”.

A “cabeça d’água” acontece quando uma grande quantidade de chuva cai em partes de um rio, causando aumento rápido e repentino do nível da água. Apesar do alerta, não houve a proibição do passeio na lagoa e de 70 a 100 pessoas estavam no local no momento da tragédia, ocorrida entre 12:30 e 13:00 deste sábado.

Quatro barcos foram atingidos: “Jesus” (do qual sete pessoas morreram, e três continuam desaparecidas), “EDL” (14 passageiros resgatados), “Nova Mãe” (nove salvos) e outro barco sem identificação, com dez pessoas socorridas.

-Publicidade-

A Marinha do Brasil avisou que vai investigar o acidente e descobrir as causas pelas quais os alertas não interromperam os passeios de barco. 23 vítimas foram atendidas e liberadas) na Santa Casa de Capitólio e outras quatro na Santa Casa de de São José da Barra. Outras quatro estão hospitalizadas na Santa Casa de Passos e na Santa Casa de Piumhi.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Mais uma vez um órgão de governo sendo um órgão de governo. A DF avisou mas nçao fez mais nada do que isso e agora virá a Marinha que vai colocar a culpa na cabeça d´agua, logo depois serão as vítimas ou seus familiares que irão culpar os barqueiros que jogarão a responsabilidade na DF e cria-se um circulo vicioso, que não vai resultar em absolutamente nada quando o certo seria a Defesa Civil simplesmente ter proibido o passeio.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.