Revista Oeste - Eleições 2022

Defesa e Forças Armadas apresentam notícia-crime contra Ciro Gomes

Em nota conjunta, as instituições criticaram as declarações 'levianas' do pré-candidato do PDT sobre a Amazônia
-Publicidade-
Ciro Gomes disse que as Forças Armadas são coniventes com o crime organizado
Ciro Gomes disse que as Forças Armadas são coniventes com o crime organizado | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério da Defesa e as Forças Armadas apresentam na quinta-feira 23 à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma notícia-crime contra o pré-candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes.

Em nota conjunta, em que anunciam a medida, as instituições criticam o que chamaram de “irresponsáveis declarações”.

Em uma entrevista à rádio CBN, na terça-feira 21, Ciro Gomes disse que as Forças Armadas são coniventes com o crime organizado na Amazônia.

-Publicidade-

“Tais acusações levianas afetam gravemente a reputação e a dignidade dessas respeitadas instituições”, afirmou o Ministério da Defesa em nota.

“Não é admissível, em um Estado Democrático, que sejam feitas acusações infundadas de crime, sem a necessária identificação da autoria por parte do acusador e sem a devida apresentação de provas, ainda mais quando dirigidas a instituições perenes do Estado brasileiro.”

O pedido de investigação enviado à PGR fala nos supostos crimes de “incitar, publicamente, animosidade entre as Forças Armadas, ou delas contra os poderes constitucionais, as instituições civis ou a sociedade”.

O documento é assinado pelo ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, o comandante da Marinha, almirante Almir Garnier Santos, o comandante do Exército, general Marco Antônio Freire Gomes, e o tenente-brigadeiro Carlos Almeida Baptista Junior, da Aeronáutica.

O trecho do texto ainda rebate as declarações do pré-candidato, ressaltando que as Forças Armadas atuam na defesa e na proteção da Amazônia e regularmente realizam ações de combate a ilícitos ambientais e transfronteiriços.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

25 comentários Ver comentários

  1. Bem feito já era em tempo Sr candidato profissional dos 10 por cento, atirou pra todo lado mente insana, agora prove o que falou imbecil perdido nas estrelas.

  2. O STF não fica indignado com essa ofensa à INSTITUIÇÃO das FFAA mais respeitada pela população brasileira? Fosse feita à SUPREMA CORTE, esse violento pilantra e demagogo não estaria preso e investigado por atos antidemocráticos?

  3. O Ciro Gomes a muito tempo está precisando tomar um choque de realidade, onde se diga a ele o seguinte: A medida que você bater, terá do outro lado alguém que bata mais forte e o faça compreender que peixe se engasga é pela boca. Enquanto ele não sentir o cu trancar, continuará girando sua metralhadora verbal para qualquer um que seu perfil “leviano” tenha vontade de disparar. É um “linático” e como “lunático”tem

    1. O Ciro Gomes a muito tempo está precisando tomar um choque de realidade, onde se diga a ele o seguinte: A medida que você bater, terá do outro lado alguém que bata mais forte e o faça compreender que peixe se engasga é pela boca. Enquanto ele não sentir o cu trancar, continuará girando sua metralhadora verbal para qualquer um que seu perfil “leviano” tenha vontade de disparar. É um “lunático” e como “lunático”tem que ser tratado. Imaginem este Srº” com o poder de um ‘presidente da republica” na mão!

  4. Vai dar em nada. A vítima (FFAA), segundo a ideologia injetada na mente dos idiotas, é do mal. Sendo do mal, não tem direito de reclamar. Se fosse algum grupo LGTBXYZ ou alguma ONG politicamente correta, então o pau ia quebrar. A queixa vai ser arquivada ou vai dormitar na gaveta de algum juiz esquerdoso até prescrever.

  5. Ciro, cria perguntas pensadas e repensadas para receber respostas prontas, pq ele já está com a réplica de nova resposta pronta! Não caiam nessa! A reposta certa para ele seria; …”Tais acusações levianas, vindas de políticos levianos, NÃO afetam nossa instituição….”….precisamos aprender a perder tempo com quem deveríamos manter presos ema cadeia…se nosso BR não tem Leis pra impedir esse tipo de declaração cirúrgica, não vamos ficar gastando papel; A4 nem Moeda.

  6. Ciro e suas verbetes… não muda nunca… A única coisa lúcida de Ciro que vi foi as verdades sobre o Lula, mas há probabilidade que em breve os dois se darão em sorrisos e abraços.

    1. Exato!! Perfeito…isso é aprender com o passado! Existem sim; “nós e eles”….mas se trata da classe política x eleitor…até pq nem todo eleitor é “povo”…no BR 80% do povo brasileiro, partes são “malandros”, outra raciocino zero, e outra bandido de fato…a reeleição vai passar raspando, isso se não tomar o provável golpe do machado que está sendo a nova ordem mundial…desculpe invadir seu espaço e lhe desejo um bfds…

  7. Tem algum registro de alguma apreensão de qualquer coisa por mais simples que seja, feita por esses elementos das FFAA’s? Eu não tenho notícia, pode até ter feito algumas mas não foi registrada ou ditas em prosa e verso, para ser mais um pouco sarcástico. Tem até um ditado: Papagaio fala mas é o periquito que leva a fama, em outras regiões dizem: Papagaio come milho, periquito que leva a culpa.

    1. Podem até argumentar que esse tipo de atividade não é da responsabilidade deles, quem deve fazer isso é a polícia do estado ou a polícia federal. Então por isso vão fazer vista grossa para a bandidagem? Essa é a pergunta que talvez o Ciro quis dizer mas como ele é um grande boquirroto, acabou falando alguma bobagem, agora vai ter que provar.

    2. Sugiro se informar melhor….
      “Em onze meses de operação, entre maio do ano passado (2021) e abril deste ano, foram apreendidas mais de 2 mil embarcações, 900 veículos e tratores, 500 mil m³ de madeira e 750 quilos de drogas, além 123.550 armas e munições.”
      “As distâncias são muito grandes e os rios são muito encachoeirados. Tem que tirar a embarcação da água e transportar o motor no braço. As dificuldades são imensas, pela geografia, o relevo, os cursos d´água, a selva. Mas o Exército está na Amazônia desde os portugueses e estamos acostumados a fazer isso.”
      “Desde 2004 recebemos a missão de operar com órgãos federais na Amazônia, quando somos demandados, por meio de apoio logístico, comunicação e na repressão de delitos de repercussão nacional e internacional. Então, a atuação dos militares no combate ao crime ambiental é algo que ocorre com frequência. Essas ações ficaram mais em evidência com a Operação Verde Brasil.”
      “Quando somos demandados pelos órgãos competentes, conduzimos essas operações. No dia a dia, prestamos apoio a essas comunidades, com médicos, dentistas, então é um trabalho inestimável que prestamos, até mesmo para que meliantes não hostilizem essas comunidades indígenas.”

      Não vou transcrever mais em respeito aos demais leitores…

      1. Então está tendo alguma falha de comunicação ou de divulgação e quanto aos demais leitores, duvido que saibam mais alguma coisa a esse respeito. Entretanto, agradeço pelas informações. E quanto às dificuldades de penetração nos rios basta interceptar em locais de passagem obrigatória, pelo meio da selva é que não vão conseguir construir rotas de tráfico.

      2. Boa Marcelo, tem botar esses caras metidos a entendidos no seu devido lugar, falam porque tem boca, ou escrevem porque tem dedo, são arrogantes, mas via de regra passam vergonha, como é o caso desse sujeito que fez os comentários acima. Paulo por que não de calas.

  8. Se as forças armadas vão lá e fazem o que precisa e deve ser feito, os imbecis de plantão criticam jogam pedra e querem ação com pétalas de rosas … Sempre tem um FDP para criticar

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.