-Publicidade-

Conheça a cidade-símbolo do ‘modo petista de governar’

Diadema (SP) elegeu candidato do PT como prefeito em 2020
Vista panorâmica do Centro de Diadema (SP) | Foto: Luiz83/Wikipédia
Vista panorâmica do Centro de Diadema (SP) | Foto: Luiz83/Wikipédia | diadema - vista panorâmica - luiz83

Diadema (SP) elegeu candidato do PT como prefeito em 2020

diadema - vista panorâmica - luiz83
Vista panorâmica do Centro de Diadema (SP) | Foto: Luiz83/Wikipédia

O município de Diadema (SP) é o exemplo de administração petista. Esse status foi concedido na noite do último domingo, 29, pela presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann. Ela falou sobre a cidade paulista momentos após a confirmação da eleição do colega de legenda José Di Filippi para o cargo de prefeito na gestão 2021 — 2024.

Com a vitória de Filippi, o PT administrará Diadema pela sétima vez. Desde a emancipação, em 1959, a cidade terá na próxima eleição municipal metade de sua história sob domínio petista. Somente o vencedor da disputa local neste ano esteve à frente da prefeitura em outras três oportunidades. Juntos, todos os demais partidos governaram a cidade em sete ocasiões.

Diante do histórico do PT no controle do Poder Executivo de Diadema, com a cidade sendo classificada pela principal dirigente da sigla como modelo de governo, Oeste apresenta dados e informações.

Veja:

  • IDH

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de Diadema é de 0,757, conforme dados levantados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2010. O indicador é classificado como alto (bom), mas abaixo da média do Estado de São Paulo. Segundo o mesmo IBGE, o IDH paulista é 0,783.

  • PIB per capita

Em 2017, o Produto Interno Bruto (PIB) de Diadema foi de R$ 32 mil. Assim, também ficou abaixo da média paulista. No mesmo ano, o PIB per capita do Estado de São Paulo foi superior a R$ 46 mil, informou na ocasião o Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados.

  • Mortalidade infantil

No comparativo com todo o território paulista, Diadema também apresenta dados inferiores na questão de mortalidade infantil. Na cidade, o número era de 12,41 óbitos por nascidos vivos em 2017. A taxa foi de 10,9 em todo o Estado de São Paulo.

  • Violência

O Instituto Sou da Paz divulgou em 2018 estudo sobre as cidades mais violentas do Estado de São Paulo. Diadema apareceu na 114ª posição entre os 138 municípios paulistas que na ocasião contavam com mais de 50 mil habitantes.

Leia também: “Grande SP comprova o ‘nanismo’ eleitoral do PT”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. Esta Lei do Fundo Eleitoral precisa ser extinta com urgência. Os partidos não são nossos filhos e nem parentes para receberem BILHÕES DE REAIS a cada eleição.

  2. Essa comparação só pode ser feita com cidades no entorno desta em questão, num raio de pelo menos 100 km, para ser ter uma comparação justa. Não podemos, por exemplo comparar Diadema/SP com Cametá/PA, não existe referência alguma para uma comparação justa, como também não podemos comparar com cidades dos sul do país com os maiores IDH do país, também seria muita covardia para com Diadema/SP. (kkkkk…..)

    1. Pelo jeito, você não entendeu nada do que leu, Paulo Renato. Onde está escrito que se comparou Diadema com outros municípios, que não os do estado de S. Paulo?

      1. E claro que entendi Barros. Tanto é que sugeri comparar a cidade em questão com os municípios vizinhos para se ter uma avaliação mais realista. Mas a questão do IDH, é um índice que serve para medir o desenvolvimento humano de qualquer cidade, quer sejam do estado de São Paulo ou não, então eu posso sim, fazer essas outras comparações, correto?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês