Dólar fecha em alta e atinge maior valor desde maio

Ibovespa caiu e ficou abaixo dos 120 mil pontos
-Publicidade-
Cenário político-fiscal no Brasil e crise no Afeganistão estiveram no radar do mercado financeiro | Foto: Samir Baptista/AE/Estadão Conteúdo
Cenário político-fiscal no Brasil e crise no Afeganistão estiveram no radar do mercado financeiro | Foto: Samir Baptista/AE/Estadão Conteúdo

O dólar à vista encerrou a segunda-feira, 16, em alta de 0,67%, cotado a R$ 5,28. Este foi o maior valor de fechamento desde 26 de maio (R$ 5,31). A valorização da moeda norte-americana no exterior e o clima político-fiscal no Brasil, influenciaram o mercado financeiro.

Leia mais: “Mourão, sobre prisão de Jefferson: STF está ‘extrapolando os limites’”

A expectativa pela votação do texto que muda as regras do Imposto de Renda, o clima entre os três poderes em Brasília, e as discussões sobre valores do Bolsa Família pesaram no ânimo dos investidores brasileiros, que temem um possível prejuízo aos cofres públicos.

-Publicidade-

Leia também: “Pacheco fala em ‘momento de crise’ e afirma que ‘patriotas são aqueles que unem o Brasil’”

Na B3, o Ibovespa caiu 1,66% e voltou a ficar abaixo dos 120 mil pontos (119.110), menor patamar desde 4 de maio.

Exterior

No cenário internacional, os dados de desaceleração da economia chinesa, somaram-se aos receios de que a crise no Afeganistão gere ondas de conflitos geopolíticos. Com isso, houve um aumento na procura por ativos seguros, como o do dólar, o que resultou na disparada da moeda norte-americana também no exterior.

Leia mais: “Biden volta a defender decisão de retirar militares do Afeganistão”

 

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro