Dono da Precisa vai ao STF para não ser obrigado a depor à CPI

Depoimento de Francisco Maximiano, que já foi adiado duas vezes, está marcado para o dia 4 de agosto
-Publicidade-
CPI da Covid retomará os trabalhos na semana que vem, depois do recesso parlamentar
CPI da Covid retomará os trabalhos na semana que vem, depois do recesso parlamentar | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Os advogados do dono da Precisa Medicamentos, Francisco Maximiano, recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que seu cliente não seja obrigado a prestar depoimento à CPI da Covid no Senado. A oitiva, por enquanto em caráter obrigatório, está marcada para o dia 4 de agosto.

Em decisão anterior sobre um pedido de habeas corpus apresentado pela defesa de Maximiano, a ministra Rosa Weber concedeu ao depoente o direito de permanecer em silêncio e não responder a perguntas que pudessem, eventualmente, incriminá-lo. A magistrada, no entanto, determinou que a presença do empresário era obrigatória.

Leia mais: “Fabricante da Covaxin, Bharat Biotech rescinde contrato com Precisa”

-Publicidade-

Os advogados de Maximiano pedem ainda que, caso ele seja realmente obrigado a comparecer à comissão, possa ficar em silêncio “sem que a decisão deixe qualquer dúvida nesse sentido, até mesmo para que a comissão parlamentar não deduza que o agravante poderá ser preso”.

Leia também: “Flávio Bolsonaro entra na linha de frente do governo na CPI da Covid”

O depoimento do dono da Precisa à CPI da Covid já foi adiado duas vezes. Primeiro, seus advogados alegaram que ele havia acabado de retornar de uma viagem à Índia e precisava cumprir quarentena obrigatória; na segunda vez, a iniciativa foi dos próprios senadores, que decidiram cancelar a oitiva depois de o STF conceder a Maximiano o direito ao silêncio.

Leia também: “Pazuello depõe à PF em inquérito que apura se Bolsonaro prevaricou”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro