Doria anuncia compra de 30 milhões de doses da CoronaVac e promete imunizar SP até o fim do ano

Governo de São Paulo também confirmou para 11 de maio o início da imunização de funcionários do metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM)
-Publicidade-
João Doria garantiu que todos os paulistas serão vacinados contra a covid-19 em 2021
João Doria garantiu que todos os paulistas serão vacinados contra a covid-19 em 2021 | Foto: Governo do Estado de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta segunda-feira, 19, que o Estado garantiu a compra de mais 30 milhões de doses da CoronaVac — vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan — e imunizará todos os paulistas até o fim deste ano.

“A partir de setembro, após o cumprimento integral do compromisso de São Paulo com o Brasil, com o Ministério da Saúde, com o PNI [Programa Nacional de Imunizações], nós já adquirimos 30 milhões de doses da vacina do Butantan junto ao laboratório Sinovac”, afirmou o tucano em entrevista à rádio CBN. “Receberemos até o final de setembro [os 30 milhões de doses] e vamos vacinar a totalidade da população do Estado de São Paulo até 31 de dezembro deste ano”, prometeu o governador.

-Publicidade-

Segundo o governo paulista, a expectativa é que, até agosto, tenham sido disponibilizados 100 milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde. Como noticiamos, o Butantan recebeu hoje mais 3 mil litros de ingrediente farmacêutico ativo (IFA), suficientes para a produção de 5 milhões de doses do imunizante contra a covid-19.

Leia mais: “Butantan recebe matéria-prima para produzir mais 5 milhões de doses da CoronaVac”

De acordo com Doria, os 30 milhões de doses adquiridas junto à Sinovac serão destinados, exclusivamente, à população do Estado de São Paulo. Até o momento, o Butantan já encaminhou ao governo federal 41,4 milhões de doses da vacina.

Vacinação para funcionários do Metrô

O governo de São Paulo também confirmou que os 9,5 mil profissionais que trabalham no metrô e na CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) começarão a ser vacinados contra a covid-19 em 11 de maio.

A medida é uma resposta aos sindicatos que representam a categoria dos metroviários e ferroviários, que anunciaram paralisações para a terça-feira 20 e o dia 27 de abril como protesto pela demora da imunização dos trabalhadores. Segundo a Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos, esses profissionais têm contato diário com até 4 milhões de passageiros.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

  1. Só uma pergunta. Pode um estado comprar vacinas pra vacinar seus moradores se sobrepondo aos demais entes da federação?
    Esse engomadinho é mesmo um demagogo!

  2. CONSTA QUE NO SÁBADO, 17 DE ABRIL, O ENGOMADINHO, ALÉM DE EDUARDO LEITE (RS), HADDAD, CIRO E LUCIANO HUCK PARTICIPARAM DE UM ENCONTRO PARA POSSÍVEL DEFINIÇÃO DE UM CANDIDATO ÚNICO PARA ENFRENTAR BOLSONARO EM 2022. KKKKKKKKKKKKKKKK LEMBREI DE UM ANTIGO FILME INTITULADO “O INCRÍVEL EXÉRCITO DE BRANCALEONE”.

    1. Reedição do encontro vom o Kalil aqui em BH. Kkkkkkkkk. Ciro e Kalil, o luladrão vai pirar. Estamos evoluindo!!!! (Pela esquerda a direção é o precipício)

  3. Deve ser acordo do Dória com o modesto e simpático embaixador chinês no Brasil, para encerrar o estoque da SINOVAC, e partir para vacina mais eficiente da SINTOPHARM, que é a mais aplicada na China.
    Pensar que como ex tucano votei nesse mau caráter para as prévias à prefeitura de SP, para prefeito e governador. Não entendo como aos 72 anos ainda admirava esses ilustres tucanos.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site