Eficácia da CoronaVac é contestada por pesquisador da Unicamp

Pesquisador da Unicamp acredita que o resultado não chega a 64%
-Publicidade-
Dados apresentados pelo governo do Estado são contestados
Dados apresentados pelo governo do Estado são contestados | Foto: Leandro Ferreira/Estadão Conteúdo

A taxa de eficácia da vacina CoronaVac pode ser menor do que 78% — valor que foi divulgado pelo governo do Estado de São Paulo na última quinta-feira, 7. Uma projeção feita com os dados anunciados no evento indica que esse resultado, na verdade, pode ser de apenas 63,75%. A diferença de quase 14 pontos percentuais para baixo foi calculada por Stefano de Leo, professor do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e foi revelada pelo site Poder360.Leia também: “Anvisa terá 10 dias para analisar a CoronaVac”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.