-Publicidade-

Exames apontam que pessoas não receberam vacina da falsa enfermeira em Belo Horizonte

Polícia Federal está ouvindo envolvidos no suposto esquema de vacinação. Vítimas podem passar de 2 mil
Pessoas não receberam vacina da cuidadora de idosos
Pessoas não receberam vacina da cuidadora de idosos | Foto: Divulgação/Pixabay

Exames realizados em algumas das pessoas supostamente vacinadas pela cuidadora de idosos Cláudia Mônica Pinheiro Torres mostram que elas não receberam imunizantes contra a covid-19.

De acordo com o delegado Rodrigo Morais, da Polícia Federal, algumas das pessoas que procuraram a falsa enfermeira para serem imunizadas realizaram testes para detectar a presença de anticorpos contra o novo coronavírus. Os resultados deram negativo, tanto para o anticorpo IGM, quanto para o IGG, comprovando que não houve vacinação.

Na quarta-feira 7, a Polícia Federal ouviu dois envolvidos no caso. Até sexta-feira, 9, sessenta pessoas devem prestar depoimento. As vítimas da falsa enfermeira podem passar de duas mil, informou o portal G1.

Leia mais: “Falsa enfermeira que teria ‘vacinado’ empresários usou soro fisiológico, aponta laudo”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.