Ferroviários encerram greve e linhas da CPTM voltam ao normal

Operação foi retomada depois de acordo com o Secretário de Transportes metropolitanos de São Paulo
-Publicidade-
Linhas voltaram a operar normalmente desde às 19h00 | Foto: Heber Lopes/Flickr
Linhas voltaram a operar normalmente desde às 19h00 | Foto: Heber Lopes/Flickr

A paralisação dos ferroviários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foi encerrada na tarde desta terça-feira, 24, depois de um acordo firmado com Alexandre Baldy, secretário de transportes metropolitanos de São Paulo. A categoria tinha cruzado os braços desde a meia noite, em protesto ao pedido de reajuste salarial que havia sido negado. As linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade, que atendem cerca de 560 mil passageiros, voltaram a operar normalmente, desde às 19h.

Leia também: “China faz aporte milionário em sindicatos brasileiros”

O Sindicato dos Trabalhadores das Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil pedia a reposição salarial ante a inflação referente aos anos de 2020 (4%) e 2021 (6%). A proposta inicial do governo era repor o valor em 10 vezes a partir de fevereiro de 2022, o que foi recusado. Os grevistas só aceitaram voltar à operação, quando o governo propôs o pagamento em cinco parcelas a partir de outubro e se comprometeu a revisar as demissões de dez funcionários da CPTM, realizadas no dia de hoje, por eles impedirem outros funcionários de trabalharem normalmente.

-Publicidade-

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro