Fiocruz: 11% dos vacinados estão com segunda dose atrasada

Mais de 7 milhões de pessoas já deveriam ter sido vacinadas pela segunda vez contra a doença causada pelo novo coronavírus
-Publicidade-
Segundo a Fiocruz, 11% dos vacinados não compareceram para completar o esquema de imunização
Segundo a Fiocruz, 11% dos vacinados não compareceram para completar o esquema de imunização | Foto: Reginaldo Pimenta/Estadão Conteúdo

Segundo boletim divulgado na terça-feira 28 pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), 11% dos brasileiros vacinados contra a covid-19 estão com a segunda dose atrasada. O levantamento considera em atraso todos aqueles que ainda não receberam a segunda aplicação do imunizante 14 dias depois da data prevista.

A análise foi feita a partir de dados disponíveis até o dia 15 de setembro. De acordo com a Fiocruz, mais de 7 milhões de pessoas já deveriam ter sido vacinadas pela segunda vez contra a doença causada pelo novo coronavírus.

Leia mais: “Fiocruz entrega mais 2,4 milhões de doses de vacinas ao Ministério da Saúde”

-Publicidade-

Entre os que foram vacinados com o imunizante da Oxford/AstraZeneca, o índice de atraso é de 15% para a segunda dose. Para a CoronaVac, a taxa chega a 32%, enquanto apenas 1% dos vacinados com o imunizante da Pfizer/BioNTech não se apresentaram para completar o ciclo vacinal.

Leia também: “AstraZeneca está em falta em mais de 80% dos postos de vacinação em São Paulo”

Proporcionalmente, o Estado com o maior índice de atraso é o Ceará (33%), seguido por Bahia (quase 19%), Rio de Janeiro (pouco mais de 16%), Sergipe (cerca de 16%) e Mato Grosso do Sul (14%).

Os Estados brasileiros com os menores porcentuais de atrasados para a segunda dose são o Rio Grande do Norte (pouco mais de 5%), Mato Grosso (quase 6%), Paraná (pouco mais de 6%), Tocantins e Santa Catarina (ambos com 6,5%).

Leia também: “Vacina: Fiocruz conclui produção dos primeiros lotes do IFA nacional”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.