Fiocruz recebe material para produção de mais 12 milhões de doses da vacina da Oxford

As remessas se somam aos produtos recebidos em fevereiro, equivalentes a 15 milhões de doses
-Publicidade-
A Fiocruz prevê entregar mais 110 milhões de doses no segundo semestre
A Fiocruz prevê entregar mais 110 milhões de doses no segundo semestre | Foto: Marcos Vidal/Futura Press/Estadão Conteúdo

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) receberá neste fim de semana mais dois lotes de material vindos da China para produção de vacinas contra a covid-19, em parceria com a Oxford/AstraZenca. A remessa será suficiente para a produção de mais 12 milhões de doses, além de um lote que chegará na próxima semana para cinco milhões de vacinas. Cada lote tem, em média, 230 litros de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). As remessas se somam aos insumos recebidos em fevereiro, equivalentes a 15 milhões de doses, que estão sendo processados no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz (Bio-Manguinhos/Fiocruz). As datas exatas da chegada não haviam sido divulgadas até a noite ontem, sexta-feira 26.

A instituição iniciou, na última semana, a entrega das vacinas produzidas com o IFA importado e já disponibilizou mais de um milhão de doses ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde. Até o fim da próxima semana, estão previstas outras entregas, totalizando aproximadamente 3,9 milhões de doses. A previsão é de que em abril sejam entregues mais de 18 milhões de doses. Os lotes de IFA que chegam nas novas remessas de março cobrem as entregas de abril e parte das doses a ser disponibilizadas em maio. As entregas ao Ministério da Saúde somarão 100,4 milhões de doses até julho. A partir do segundo semestre, com a incorporação da tecnologia do IFA, a Fiocruz prevê entregar mais 110 milhões de doses, incluindo a produção 100% nacionalizada.

-Publicidade-

Leia também: “Fiocruz deve produzir um milhão de vacinas por dia”

Com informações do R7

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.