-Publicidade-

‘Homicídio’, diz deputada sobre aborto em menina de 10 anos

Chris Tonietto defende que gestação de garota estuprada não poderia ser interrompida
A deputada federal Chris Tonietto | Foto: REPRODUÇÃO
A deputada federal Chris Tonietto | Foto: REPRODUÇÃO | chris tonietto - aborto - homicídio

Chris Tonietto defende que gestação de garota estuprada não poderia ser interrompida

chris tonietto - aborto - homicídio
A deputada federal Chris Tonietto | Foto: REPRODUÇÃO

O caso da garota de 10 anos que passou por procedimento de aborto entrou em discussão na edição de hoje de Os Pingos nos Is, programa da Jovem Pan que tem como comentaristas os jornalistas Augusto Nunes e Guilherme Fiuza, colunistas da Revista Oeste.

Leia mais: “Petista questiona no STF privatizações sem aval do Congresso”

Ao pôr o tema em pauta, a atração entrevistou a deputada federal Chris Tonietto (PSL-RJ). Ela lamentou o desfecho do caso da menina que, conforme noticiado pela imprensa, era estuprada pelo tio desde quando tinha 6 anos de idade. “Homicídio”, enfatizou a parlamentar.

“Viola a nossa Constituição”

De acordo com ela, o caso representa homicídio — mesmo a gestação não tendo sido desejada pela garota. “[O aborto] viola a nossa Constituição“, analisou.

A favor da vida

Ao ser questionada se especificamente no caso em questão, com a gestação de uma criança decorrente de estupro, a interrupção não seria a melhor decisão, a deputada federal reforçou seu ponto de vista. Nesse sentido, posicionou-se como alguém a favor da vida. “Não adianta romantizar o aborto”, afirmou Chris Tonietto. “Essa prática continua sendo crime”, disse, por fim, a parlamentar do PSL fluminense.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês