Insegurança alimentar atinge 85 milhões de brasileiros

Metade das crianças com menos de cinco anos vivem em domicílios nestas condições
-Publicidade-
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Cerca de 85 milhões de brasileiros (41% da população), estão em domicílios com algum grau de insegurança alimentar. Os dados foram revelados nesta quinta-feira, 19, pela Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, e foram coletados entre 2017 e 2018.

Leia também: “Governo estuda erradicar a pobreza com recursos das privatizações”

A insegurança alimentar leve atinge 27% dos habitantes do país, ela é caracterizada pela preocupação ou incerteza quanto o acesso a comida no futuro, além da queda do padrão das refeições. A moderada, quando a quantidade e qualidade dos alimentos está comprometida, chega a 13,9%.

-Publicidade-

O trabalho aponta que metade das crianças com menos de cinco anos (6,5 milhões) viviam em lares com algum grau de insegurança alimentar, e 5,1% estavam gravemente afetadas.

“Quando um domicílio tem insegurança alimentar grave, há uma restrição maior de acesso aos alimentos, com uma redução da quantidade consumida para todos os moradores, inclusive crianças, quando presentes”, comentou André Martins, gerente da pesquisa. “E nesses lares pode ter ocorrido a fome, situação em que pelo menos alguém ficou o dia inteiro sem comer um alimento.”

O custo da alimentação

O estudo revelou ainda que o custo médio mensal com a alimentação básica de quem está em situação segura foi de de R$ 247,46, enquanto para os inseguros esteve em R$ 153,49.

Tendências na população

A escolaridade se mostrou um fator agravante. Metade da população que vive em lares chefiados por pessoas com o ensino fundamental incompleto convive em condições de insegurança alimentar, e 17,5% onde a pessoa de referência tinha o ensino superior completo.

Entre os 41% da população com dificuldade para conseguir acesso regular às refeições básicas, 28,4% são de famílias chefiadas por negros ou pardos, e 12,1% por brancos. Dos lares com insegurança alimentar grave, 51,9% são conduzidos por mulheres.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro