-Publicidade-

Institutos de pesquisa erram. E sempre para o mesmo lado

Veja o comparativo do Ibope com o resultado final das eleições em algumas capitais do país

Veja o comparativo do Ibope com o resultado final das eleições em algumas capitais do país

Na reportagem Além da margem de erro, Oeste aponta algumas distorções divulgadas por institutos de pesquisa durante a campanha eleitoral deste ano:

“Como explicar que os 55% a 45% de Bruno Covas (PSDB) contra Guilherme Boulos (Psol), este em proa de subida para eles, tenham se convertido em praticamente 60% a 40% nas urnas — uma distância de 1 milhão de dedos nas urnas. Ou que os 50% a 50% de Marília Arraes (PT) e João Campos (PSB), com viés de crescimento da petista, claro, tenham virado 56% a 44% a favor do eleito? Não é exagero dizer que em todos os casos citados até agora o erro só teve um lado.”

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. O grande problema é que a grande mídia compra estas pesquisas e depois enfiam goela abaixo na população. Mas ao final nós mesmos é que engolimos estas pesquisas de encomenda.

  2. Essa é a “moral” dos adeptos da esquerda que fazem qualquer coisa para estar no poder e poder botar as mãos nos recursos do povo.
    A esquerda é esquerda em todo e qualquer no mundo, reunião de marginais e corruptos brigando para auto locupletação!

  3. Estão chutando “matilhas” mortas.
    Só uma coisa interessa ao PAÍS hoje, para que se preserve e resgate uma “DEMOCRACIA “, cujo pilar básico é a Classe média que tentam extirpar, relegando as classes a uma pocilga com frangos estragados.
    SE A CLASSE MÉDIA NÃO VOLTAR ÀS RUAS EM CARATER DE URGÊNCIA E URGENTISSIMA, PARA INSTITUIR A PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA E O FIM DO FORO PRIVILEGIADO, certamente não será esse congresso fisiológico que o fará!.
    Não fez com os bandidos Botafogo e Batore nas presidências das casas legislativas , e com Fernando Bezerra e Ailton Lyra, já masturbada as suas intromissões, idem, idem.
    O que queremos meu Deus? Não existe MESSIAS milagroso. Esses 57 milhões de votos, representados principalmente pela CLASSE MÉDIA, ñ entendem nadinha dos limites de cada poder.
    Precisamos entender que só o POVO concluirá o que começou nas RUAS de todo o PAÍS em 2.013, quando em 5 anos afastamos o EXECUTIVO do CONLUIO sórdido entre os 3 poderes.
    Falta apartar o LEGISLATIVO do STF.
    Os togados ñ têm compromisso democrático com o POVO, são apenas raposas tomando conta de galinheiros. A nossa PRESTAÇÃO DE CONTAS c o CONGRESSO é com quem votamos e nos traíram acintosamente, covardemente. Pior que Adélios, deputados e senadores nos esfaqueiam pelas costas.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês