Ipea aponta recuperação de empregos com a flexibilização do isolamento

Números de pedidos de seguro-desemprego despencam com a retomada das atividades
-Publicidade-
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Número de pedidos de seguro-desemprego despenca com a retomada das atividades

caged - empregos - brasil 2020
Carteira de Trabalho e Previdência Social | Foto: Agência Brasil

Na terça-feira 8, estudo publicado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostrou que houve recuperação de postos de trabalho tão logo começaram a ser flexibilizadas as medidas de restrição para combater a pandemia do novo coronavírus. O número de pedidos de seguro-desemprego despencou com a diminuição do isolamento: em maio foram 960 mil requisições do benefício contra 460 mil em outubro — o último mês da série analisada. O relatório também compara julho de 2019 com o mesmo período de 2020 e mostra que as taxas de crescimento líquido de empregos foram maiores em seis setores neste ano: 1,25% na agricultura, 0,67% na indústria, 1,47% na construção, 0,26% no comércio, 0,33% nos serviços para empresas e 0,06% na administração pública, educação e saúde.

-Publicidade-

Leia também: “‘Todas as regiões do Brasil estão criando empregos’, diz Guedes”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro