Jogador de futebol acusado de tentativa de homicídio durante jogo está em liberdade provisória

William Ribeiro foi preso após chutar a cabeça do juiz, que já recebeu alta
-Publicidade-
William Ribeiro (Foto: divulgação Noroeste)
William Ribeiro (Foto: divulgação Noroeste) | William Ribeiro (Foto: divulgação Noroeste)

O jogador William Ribeiro, do Sport Club São Paulo, saiu de campo preso por tentativa de assassinato do juiz Rodrigo Crivellaro. O caso virou destaque na CNN Internacional e gerou um ritual de protestos dos juízes e bandeirinhas antes de cada jogo realizado no Brasil.

Leia mais: “Com ressalvas para Bahia e clubes paulistas, CBF decide por volta do público

O jogo entre o Sport Club São Paulo e o Guarani-RS, realizado na cidade de Venâncio Aires, era válido pela Série A2 do Campeonato Gaúcho. O juiz Crivellaro, que já foi liberado pelo hospital, declarou que não se lembra do que aconteceu. “Meus colegas bandeirinhas me disseram que eu mostrei meu cartão amarelo a ele. Ele me deu um soco na cara, eu caí no chão, fui chutado e desmaiei”.

-Publicidade-

O contrato de William Ribeiro foi imediatamente cancelado. Nenhum advogado da cidade aceitou defender o acusado, que agora vai ser encaminhado a um defensor público. “Esse jogador precisa de tratamento porque está totalmente fora de controle”, declarou a vítima. “Ele merece ficar preso por muito tempo.” William Ribeiro já está em liberdade provisória após audiência de custódia.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.