-Publicidade-

Jornais brasileiros receberam patrocínio da ditadura chinesa

Partido Comunista injetou dinheiro em publicações nacionais, conforme documentos do Departamento de Justiça dos EUA

Partido Comunista injetou dinheiro em publicações nacionais, conforme documentos do Departamento de Justiça dos EUA

jornais brasileiros
Soft power chinês avança no Brasil | Foto: Divulgação/Flickr

Controlado pelo Partido Comunista da China, o jornal China Daily pagou veículos de comunicação brasileiros de modo a promover conteúdo governamental. A informação consta em documentos do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, publicados em 6 de janeiro deste ano. Na lista, a Empresa Folha da Manhã S.A., dona do título Folha de S.Paulo, arrecadou US$ 405 mil entre 2016 e 2020. Só em janeiro de 2019, a companhia jornalística recebeu US$ 41,4 mil para publicar material governamental. Os recursos também se destinaram à Editora Globo, responsável por arrecadar US$ 109 mil entre 2017 (em novembro, a companhia recebeu US$ 75.860,00) e 2018. Além das duas empresas de comunicação, a que controla o jornal Correio Braziliense também abocanhou alguns dólares: US$ 15.450,00 em novembro de 2019.

Grupo Folha

Trecho do documento em que constam alguns valores que o grupo Folha recebeu em 2018 e 2019 [clique na imagem para ampliá-la] | Foto: Divulgação/Departamento de Justiça dos EUA

Editora Globo

Trecho do documento em que constam alguns valores que a Editora Globo recebeu em 2017 [clique na imagem para ampliá-la] | Foto: Divulgação/Departamento de Justiça dos EUA

Correio Braziliense

Trecho do documento em que constam valores que o jornal Correio Braziliense recebeu em 2019 [clique na imagem para ampliá-la] | Foto: Divulgação/Departamento de Justiça dos EUA
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês