Justiça anula condenação de Danilo Gentili em processo movido por Maria do Rosário

Humorista foi considerado culpado em 2019, mas recorreu da decisão
-Publicidade-
Danilo Gentili foi processado pela deputada Maria do Rosário
Danilo Gentili foi processado pela deputada Maria do Rosário | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

A Segunda Turma do Juizado Especial da Justiça Federal de São Paulo anulou uma decisão de 2019 que havia condenado o humorista Danilo Gentili por cime de injúria contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). A decisão proferida ontem, terça-feira 6, atende a um recurso da defesa do humorista, que alegou haver violação do princípio constitucional do contraditório na deliberação judicial que condenou Gentili dois anos atrás. Nesta quarta-feira, 7, o apresentador se pronunciou sobre a decisão da Justiça. “Oi, Maria do Rosário. Você perdeu [o processo]. Mas não é só porque perdeu que vamos esquecer o quanto você é censora e autoritária ao usar a máquina estatal para censurar e tentar prender um humorista”, afirmou o apresentador. “Essa é a sua natureza e a natureza do seu partido”, concluiu. A deputada petista ainda pode recorrer da decisão.

Leia também: “Câmara envia pedido de prisão de Danilo Gentili ao STF”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.