Justiça concede liberdade provisória a criminoso envolvido em incêndio da estátua de Borba Gato

Juíza revogou a prisão em flagrante por entender que os atos 'não foram praticados com violência ou grave ameaça'
-Publicidade-
Estátua de Borba Gato foi incendiada por vândalos em São Paulo; um dos criminosos já foi posto em liberdade provisória
Estátua de Borba Gato foi incendiada por vândalos em São Paulo; um dos criminosos já foi posto em liberdade provisória | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

A Justiça de São Paulo concedeu no domingo 25 liberdade provisória para um dos criminosos envolvidos no incêndio da estátua de Borba Gato, em Santo Amaro, na zona sul da capital paulista. O ato de vandalismo foi cometido no sábado 24.

O homem responde pelo crime de associação criminosa e por causar incêndio, expondo a perigo o patrimônio de outra pessoa. Após o crime, ele dirigia um caminhão que foi identificado e apreendido pela polícia. O suspeito também é acusado de ter adulterado a placa do veículo.

Leia mais: “Estátua de Borba Gato é incendiada por vândalos em São Paulo”

-Publicidade-

O homem chegou a ser levado ao 11º Distrito Policial (DP), em Santo Amaro, e foi preso depois de prestar depoimento. Na decisão por sua liberdade provisória, a juíza Eva Lobo Chaib Dias Jorge revogou a prisão em flagrante por entender que os atos “não foram praticados com violência ou grave ameaça”.

Ainda segundo a juíza, por ter endereço e trabalho fixos, o homem, caso condenado, dificilmente precisará cumprir a pena de prisão em regime fechado.

Leia também: “A mais recente tentativa de cancelar o passado”

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), cerca de 15 pessoas participaram a ação criminosa. O monumento, inaugurado em 1957, já foi alvo de outros atos de vandalismo. Em setembro de 2016, a estátua do bandeirante foi pintada com tintas coloridas, assim como o Monumento às Bandeiras, no Ibirapuera.

Os bandeirantes – como Raposo Tavares, Fernão Dias, Cardoso de Almeida, Anhanguera e outros vários nomes que batizam ruas e rodovias paulistas – foram responsáveis por desbravar o interior do Estado e são acusados de escravizar povos indígenas durante essas incursões.

Leia também: “O assassinato da história”, artigo de J. R. Guzzo publicado na Edição 12 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

17 comentários

    1. Se vale para Chico vale para Francisco… Essa é a lógica… Se nos chamam de antidemocráticos, precisamos usar melhor a alcunha… Sejamos então! Talvez seja essa a única saída.

    2. Alguém, por favor, me demonstre que eu estou errado em pensar que o Brasil só tem jeito conosco do bem, direitos, se manifestando e deixando de ser medrosos, covardes atrás de teclados, e defendendo o nosso país com qual meio que seja necessário. Não dá para termos ordem, valores e democracia em um país que é pura desordem, com o legislativo tomado por bandidos e pior ainda, a justiça também. E tudo porque as forças armadas também parecem estar infiltradas por marginais, claro.

    3. Esta juíza deve estar de brincadeira.Quando não se pune atos como este emite sinais para sociedade de impunidade à violência e radicalização política. MAIZ UMA VEZ JUDICIÁRIO INDO NA CONTRAMÃO.

  1. Isso é um passo pro caos..como aqui é o país da impunidade, então o crime compensa. Isso foi um CRIME, e sim, tem violência no ato. Impressionante.

  2. A juíza em seu despacho diz “não foram praticados com violência ou grave ameaça”, ou seja, pode queimar que não é ato de violência ou ameaça grave. Que bom que a juíza liberou a geral, agora a “turma da direita” pode queimar placas e estátuas de zumbi dos palmares, lula, mariele e cia. ltda. , já que a lei é “igual para todos”….

  3. Juíza é cúmplice de ato de vandalismo! Pergunto se a decisão seria igual caso em uma manifestação de direita alguém tivesse inadvertidamente colocado fogo em uma lata de lixo? Provavelmente estaria preso sem fiança.

    1. Estou cego ou estou vendo pessoas da sociedade defendendo assassinos, escravagista de índios e negros, estrupadores , assaltantes e ladrões, tudo isso amplamente comunicado a coroa pelo próprio judiciário instalado na epoca aqui na terrinha, é isso, vamos dar parabéns aos assassinos.

  4. a nação Brasileira esta envergonhada com as decisões esdruxula do judiciário…todo o judiciário incluindo os supremosDemonios,,,estão acelerando a implantação do caos no Brasil

  5. Justiça brasileira… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkklkkkkkkkkkkkkkukkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkklkkkkkkkkkkkkakkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkklkkkkkkkkkakkkkkkkkkkkkkkdkkkkkkkkkkkkkkkkrkkkkkkkãkkkkkkkkkkkkokkkkkkkkkkkkkk

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro