Justiça nega habeas corpus para Gabriel Monteiro

Preso, o ex-vereador responde a um processo de estupro

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Gabriel Monteiro deu entrada no sistema penitenciário do Rio de Janeiro em 8 de novembro | Foto: Divulgação
Gabriel Monteiro deu entrada no sistema penitenciário do Rio de Janeiro em 8 de novembro | Foto: Divulgação

A Justiça do Rio de Janeiro rejeitou o pedido de habeas corpus da defesa do ex-vereador Gabriel Monteiro. A decisão é do desembargador Claudio de Oliveira Junior, da 8ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. O parecer é de quinta-feira 17.

O ex-parlamentar foi preso em 7 de novembro por causa de um processo a que ele responde por estupro. Gabriel Monteiro nega o crime e disse que vai provar a inocência. O caso corre em segredo de Justiça.

O caso

-Publicidade-

Gabriel Monteiro foi acusado de estupro e de agressão por uma estudante de 23 anos, que teria ocorrido na casa de um amigo, em 15 de julho deste ano.

Segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público à Justiça, no fim de outubro, a mulher afirmou que Gabriel a forçou a manter relações sexuais depois de lhe apontar uma arma. Segundo a vítima, ela conheceu Gabriel na festa de reabertura de uma boate na Barra da Tijuca. O início do relacionamento foi consensual, mas terminou em violência.

O ex-vereador teria se recusado a usar preservativo, segundo a denúncia. A mulher, por causa disso, diz que acabou contraindo HPV, uma infecção sexualmente transmissível. Um laudo médico realizado após o episódio confirmou que a vítima tinha lesões nas partes íntimas.

‘’O denunciado a empurrou sobre a cama e começou a ter relação sexual de forma violenta, mesmo sem preservativo, após os apelos da vítima para que não mantivesse relações sem camisinha’’, afirmou um trecho da denúncia.

Atualmente, ele está preso na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, conhecida como Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste do Rio.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

  1. Faltou lhe um pouco de maturidade, mexendo com ele estava mexendo deveria ter se policiado ao máximo e evitar pegar essas novinhas que todo mundo já passou a pica, nota-se que essa situação foi armada, jogaram uma isca e o trouxa fisgou, agora vai amargar uma cadeia por muito tempo!

  2. A verdade é que ele foi comer uma “novinha de favela” que já deu pra todo mundo, gravou e se fodeu. Merece tomar na tarraqueta.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.