-Publicidade-

Lava Jato do Rio devolve R$ 70 milhões aos cofres públicos

O montante será dividido entre União e governo do Estado
Juiz Federal Marcelo Bretas | Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Juiz Federal Marcelo Bretas | Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Marcelo Bretas
O juiz federal Marcelo Bretas | Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Na quinta-feira, 5, o juiz Marcelo Bretas, que comanda os casos da Lava Jato no Rio de Janeiro, autorizou a devolução de R$ 70 milhões aos cofres públicos. O montante que estava nas mãos dos corruptos será devolvido em duas parcelas iguais: uma para a União e a outra para o governo do Estado do Rio de Janeiro.

Leia também: “O fim da Lava Jato”, matéria na Edição 46 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Bretas também poderia dar sua contribuição pessoal ao pobre contribuinte brasileiro, devolvendo o duplo auxilio moradia (dele e esposa) ilegal porque tinham residência própria no local de trabalho, que somavam mais de R$8.700 mensais por vários anos. Esse beneficio foi consentido em Liminar do ministro FUX que vigorou durante 4 anos.
    Portanto, se além de imoral é também ilegal, deveria ser devolvido com multa e juros.
    Ou a lei não vale para os notáveis do saber jurídico e ilibada reputação?

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês