Revista Oeste - Eleições 2022

Marco Aurélio Mello: STF deve ‘tirar o pé do acelerador’ e respeitar a Presidência

'É tempo de atuar com temperança, compreensão e respeitando a cadeira maior do Executivo', afirmou ex-decano da Corte
-Publicidade-
Marco Aurélio Mello, ex-ministro do STF, foi entrevistado no <i>Jornal da Manhã</i>, da Jovem Pan
Marco Aurélio Mello, ex-ministro do STF, foi entrevistado no Jornal da Manhã, da Jovem Pan | Foto: Reprodução/YouTube

O ex-ministro e ex-decano do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello afirmou nesta quinta-feira, 3, que a mais alta Corte do país precisa “tirar o pé do acelerador” e respeitar a Presidência da República como instituição.

As declarações foram dadas durante entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan. Segundo o ex-ministro, o tribunal não pode avançar sobre a independência entre os Poderes.

“É tempo de tirar um pouco o pé do acelerador. É tempo de atuar com temperança, compreensão e respeitando, acima de tudo, a cadeira maior do Executivo”, disse Marco Aurélio. “Não me refiro àquele que está ocupando a cadeira. Mais importante do que o ocupante é a instituição, que precisa ser respeitada”, completou.

-Publicidade-

O ex-decano da Corte, que se aposentou recentemente, afirmou que “é preciso temperança”. “Quando eu estava na bancada, ressaltei muito que o Supremo não podia avançar desconhecendo a harmonia e a independência entre os Poderes. Quando ele avançava e substituía o Executivo ou o Legislativo, lançava um bumerangue que poderia voltar à testa dele, Supremo”, disse o magistrado. 

“Estamos em um período em que se exige certa temperança, certa compreensão. Uma atuação que confirme a tradição do próprio Supremo.”

Marco Aurélio Mello elogia André Mendonça

Na entrevista à Jovem Pan, Marco Aurélio Mello elogiou a indicação do ministro André Mendonça para ocupar sua antiga cadeira no STF.

“A escolha foi perfeita por parte do presidente da República. André tem uma experiência enorme. Foi ministro da Justiça, advogado-geral da União e possui um cabedal de conhecimentos satisfatórios”, disse. “Uma coisa foi ele como auxiliar do presidente da República. Algo totalmente diverso será como juiz.”

Eleições

Marco Aurélio Mello também falou sobre os desafios do STF e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) neste ano. Segundo o ex-ministro da Corte, o maior deles será a eleição de outubro.

“O grande desafio será a eleição que se avizinha e que promete ser palpitante. Promete revelar descompassos. Caberá ao Judiciário atuar com fidelidade absoluta ao direito positivo, ao direito aprovado pelo Congresso Nacional, interpretando as normas e conciliando direito e justiça”, concluiu. 

Leia também: “Legisladores sem voto”, artigo de Gabriel de Arruda Castro publicado na Edição 96 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

28 comentários Ver comentários

  1. Ele não foi tão bonzinho assim quando estava lá ,mas era melhor que o Senado ,se não tivesse o rabo preso ,tirar o Alexandre de Moraes de lá. Mas cadê a coragem .

  2. Engraçado, porquê não disse isso ou fez alguma coisa enquanto estava no 5TF? Está reconhecendo toda arbitrariedade que seus colegas fazem e eles ainda tem a cara de pau de falar em democracia, abuso de autoridade e parar com a polarização e ataques as instituições claramente acusando o governo e a direita conservadora!

  3. Não é só tirar o pezinho do acelerador e ficar tudo bem. Vão ter de pagar pelos excessos que fizeram ! Principalmente o careca endemoniado !! Vamos trocar todos os senadores covardes de rabo preso e vamos limpar este chiqueiro!

  4. Novamente há uma recomendação absoluta de um ex-magistrado do STF, que foi um guardião da Constituição Federal. O povo espera que o “puxão de orelhas” do Ministro Marco Aurélio Mello tenha repercutido nos togados tendenciosos e anticonstitucionais. O povo brasileiro é pacato, mas já está em seus limites de tolerância dos absurdos cometidos por alguns togados. #Basta

  5. Eu decodifico essa fala assim: colegas, não mexam em casa de maribondo pq senão vai dar ruim pra todo mundo em 23, com o novo senado. Tá preocupado com seu porquinho.

    1. Se ele mesmo acreditasse nisso, não estaria dirigindo as palavras ao próprio STF (que, aliás, fez com que nos tornássemos pais onde há presos políticos em pleno século XXI, coisa que só se vê em ditadura)

    2. Maciel, sai da sua bolha, quem são os perseguidos todo dia, quem está preso por opinião mesmo sendo deputado e com direito garantido pela constituição, ou você acha que esses sinistros fazem tudinho dentro da constituição? Se acha isso, prove o que diz com fatos, se achar algum, é claro! Deixa de ser um zumbi cego por essa mídia podre e mentirosa, ainda tem tempo, não muito, mas tem.

  6. Esse sujeito é primo do fernando collor de melo, que o colocou lá no stf, as ambições políticas do primo impichado ditam as falas deste belo exemplar de fdp…

  7. Sabio conselho a seus pares ministro, pois claro, todos devem ter recursos no exterior mas para usá-los tem-se que chegar ao aeroporto!

  8. Esse bobalhão não sustenta nem o que come, quanto mais o que diz! Hoje, fora da ribalta, quer aparecer de bonzinho quando há pouco ativo militante socialista. Vá curtir seu merecido ostracismo, idiotão.

  9. Notáveis estranhos esses ministros e ex do STF. Lembro que Gilmar Mendes quando era AGU afirmou que as decisões dessa Corte são de um MANICÔMIO JUDICIÁRIO, e agora dele participa.
    Afinal, quem mais ofende essa NOBRE instituição, senão os próprios ministros? Quantos atos inconstitucionais e antidemocráticos praticam entendendo-se superiores nessa nossa JURISTOCRACIA.

  10. NOSSA!!
    VOCÊS ACREDITAM MESMO NESSAS PESSOAS??!!
    Custamos para esse canalha se aposentar e VOCÊS DÃO PLATEIA na OESTE?!!?
    Prefiro ler receita de bolo do quê CANALHAS ARREPENDIDOS!
    esse STF foi e É CANALHA!!
    VERGOLHA INTERNACIONAL AOS DITAMES DO DIREITO!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.