Médica de Porto Seguro viraliza vídeo ao defender tratamento precoce no combate à covid-19

Diante do apelo do vídeo de Raissa Soares, nesta sexta-feira 3, 40 mil comprimidos de cloroquina chegaram a Porto Seguro-BA para o tratamento de pacientes
-Publicidade-
Medicamentos contra o coronavírus tiveram imposto de importação zerados pelo governo | Foto: Volodymyr Hryshchenko / Unsplash
Medicamentos contra o coronavírus tiveram imposto de importação zerados pelo governo | Foto: Volodymyr Hryshchenko / Unsplash

Raissa Soares conta que pediu comprimidos de hidroxicloroquina junto à prefeitura e ao governo do Estado da Bahia, mas a medicação não foi fornecida

recomendação
“Manda um avião, manda um carregamento, coloca hidroxicloroquina nessa cidade”, pediu a médica Raissa Soares | Foto: MARCELO CASAL/AGÊNCIA BRASIL

A médica Raissa Soares ficou conhecida por gravar um vídeo em 30 junho mostrando preocupação com a falta de recursos para tratar os pacientes contaminados pelo coronavírus em Porto  Seguro-BA e outras cidades no entorno. O vídeo viralizou e chegou até o presidente Jair Bolsonaro. 

-Publicidade-

Durante a gravação, a médica diz que está atendendo pacientes de várias cidades da Bahia e todos têm o mesmo discurso: “eles não têm hidroxicloroquina onde eles estão”. “Em Porto Seguro, já estou constrangida de pedir aos empresários doações para eles obterem a medicação. E a gente vê na mídia que o exército tem o remédio”. E faz um apelo: “Meu presidente, nos ajuda. “Manda um avião, manda um carregamento, coloca hidroxicloroquina nessa cidade”. Raissa defende o uso da medicação aos primeiros sintomas da doença e acredita nos bons resultados dos protocolos utilizados precocemente. “Se eu trato e vejo resultado, o que acontece? Eu começo a ter convicção. O protocolo precoce funciona. O colapso no sistema acontece se você não trata. Os leitos públicos vão ser esgotados porque não está tratando precoce”.

Leia também: Covid-19: o tratamento precoce pode vencer o coronavírus

Em live promovida ontem no canal do Youtube da jornalista Leda Nagle, a médica conta que pediu comprimidos de hidroxicloroquina junto à prefeitura e ao governo do Estado da Bahia, mas a medicação não foi fornecida. Até então, Raissa e os profissionais da região estavam utilizando a medicação doada por empresários.

Como a situação em Porto Seguro caminhava para o colapso no sistema de saúde, Raissa resolveu pedir ajuda ao presidente da República: “Vou gravar um vídeo, vai que ele escuta”. O presidente, além de receber e assistir ao vídeo, ligou para a médica pessoalmente no dia 1º e, segundo Raissa, disse: “doutora, vamos fazer de tudo aqui”.  

Durante a live, Raissa conta que no dia seguinte à gravação do vídeo, um funcionário do Hospital Estadual Luís Eduardo Magalhães, onde trabalhava, comunicou que seu contrato de trabalho não seria renovado. Mas segundo a médica, seu contrato estava vigente. Portanto, ela teria sido demitida do hospital após pedir a medicação para tratamento de pacientes com a covid-19.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Presidente manda Cloroquina! #vamossalvarvidas #todosjuntos #covid19 #covid0 #maisum #portoseguroba #brasil

Uma publicação compartilhada por Dra Raissa Soares (@draraissasoares) em

Diante do apelo do vídeo da médica, nesta sexta-feira 3, 40 mil comprimidos de cloroquina chegaram a Porto Seguro.

Para quem pergunta para a médica o porquê de falar de uma medicação que não tem evidência, ela responde: “Estamos em guerra. Eu tenho que tentar. A doença evolui muito rapidamente em quatro ou cinco dias. Em 2021, nós teremos as evidências. Mas nesse momento, tenho que trazer a doença para o meu controle, eu controlo a doença com raciocínio clínico, com a atuação, com investimento.  E hoje temos resultados, Porto Seguro colhe os frutos”.  

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.