MG entra na ‘fase roxa’, com toque de recolher e restrição à circulação nas ruas

Endurecimento das restrições vale para todos os municípios do Estado
-Publicidade-
Governador de Minas, Romeu Zema, afirmou que se trata de uma 'medida dura, mas necessária'
Governador de Minas, Romeu Zema, afirmou que se trata de uma 'medida dura, mas necessária' | Foto: Reprodução/Redes Sociais

A partir de quarta-feira 17, todos os 853 municípios de Minas Gerais entrarão na chamada “fase roxa” do plano do governo do Estado de combate à disseminação do coronavírus. A medida foi anunciada na noite de segunda-feira 15 pelo governador Romeu Zema (Novo).

Leia mais: “São José do Rio Preto e mais 11 cidades paulistas decretam lockdown

A fase, a mais restritiva já adotada até aqui, libera o funcionamento apenas dos serviços considerados essenciais, entre os quais supermercados, padarias, açougues, farmácias e postos de gasolina. Bares e restaurantes terão de fechar e podem realizar entrega pelo sistema de delivery ou com retirada no local. É proibida a circulação de pessoas sem máscara. Além disso, haverá toque de recolher entre 20 horas e 5 horas.

-Publicidade-

Leia também: “‘Nós mostramos que lockdown não funciona’, afirma prefeito de Carmo do Rio Claro (MG)”

Inicialmente, a fase roxa valerá por 15 dias. “É uma medida dura, mas extremamente necessária neste momento para evitar um cenário pior do que já estamos vivendo”, justificou Zema. “Faço um apelo para todos os mineiros: precisamos manter as medidas de proteção e distanciamento social. Não vamos deixar que o cansaço nos vença. Por favor, respeitem e colaborem para que possamos vencer esta guerra.”

Segundo o governo do Estado, a ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Minas chegou a 83,69%. Em relação aos leitos de UTI exclusivos para covid-19, o índice é de 85,31%.

Leia mais: “O novo totalitarismo”, reportagem de Branca Nunes publicada na Edição 50 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

7 comentários

  1. Zema não aguentou a pressão e cedeu ao quanto pior melhor, como explicar a situação de São Lourenço, conforme reportagem publicada ontem nesta revista, será a única no estado.

  2. E QUANDO OS GOVERNADORES DECRETARÃO A FASE DE ISENÇÃO DE TODOS OS COMPROMISSOS DOS GOVERNADOS, COMO ÁGUA, LUZ, IPTU, ALUGUEL, CONDOMÍNIO, JUROS ETC ??????????? E QUANDO SERÁ DECRETADA A FASE DE DISTRIBUIÇÃO DE VALES PARA QUE OS GOVERNADOS POSSAM COMPRAR BENS JUNTO AOS SUPERMERCADOS, FARMÁCIAS, AÇOUGUES, PADARIAS ETC ????????? MUITO FÁCIL DECRETAR RESTRIÇÕES QUANDO SE TEM MESA FARTA, GELADEIRA FARTA, BOA MORADIA, SALÁRIO DEPOSITADO EM DIA ETC. PIMENTA NO RABO ALHEIO É POMADA!!!

  3. O Zema foi muito mal assessorado. O lockdown dele é um dos mais restritivos do Brasil. Caiu numa narrativa e esta entregando a sua reeleição ao Kalil (que o criticou pela medida inócua). Não enxergou a necessidade da balança saúde e economia.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site