Ministro da Saúde libera R$ 92 milhões para combate ao coronavírus em São Paulo

O Estado de São Paulo registra o maior número de infectados no país Nesta sexta feira, 13, durante coletiva de imprensa que anunciou valor doado pelo Ministério da Saúde para…
-Publicidade-

O Estado de São Paulo registra o maior número de infectados no país

Nesta sexta feira, 13, durante coletiva de imprensa que anunciou valor doado pelo Ministério da Saúde para dirimir os efeitos econômicos da pandemia, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que não há razão para pânico em relação ao avanço da doença.

-Publicidade-

“Não há necessidade de fechamento de escolas, cancelamentos de eventos, de situações drásticas. O que há é necessidade de cuidados”, disse o governador. “Estou absolutamente convicto de não agir dessa maneira, não sou governador para tomar atitudes impensadas e sensíveis no tema da saúde. Ouço e faço o que especialistas indicam.”

Segundo Doria, o que há de informações até hoje indica que a postura do governo do Estado é positiva perante o problema.

Além disso, confirmou ainda que não quer tomar atitudes baseadas em fatos que possam afetar fortemente a vida das pessoas, gerar pânico ou influenciar a geração de empregos em São Paulo, de acordo com informações do Estadão Conteúdo.

O governador lamentou que instituições privadas, como escolas particulares, tenham suspendido atividades como prevenção ao coronavírus, “com base em pressões de funcionários, famílias ou pessoas que as cercam”.

Para ele, empresas privadas devem buscar ouvir especialistas antes de tomar decisões.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.