Motores do avião que levava Marília Mendonça agora vão para Brasília

Caminhão que transportava o material sofreu desvio de rota
-Publicidade-
Objetos pessoais da cantora Marília Mendonça foram retirados da aeronave
Objetos pessoais da cantora Marília Mendonça foram retirados da aeronave | Foto: Reprodução/TV Globo

Os motores do avião que transportava a cantora Marília Mendonça e caiu na sexta-feira 5 em Caratinga (MG) seguirão agora para Brasília, na sede do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa). Segundo informações da TV Globo, o caminhão que levava o material sofreu um desvio de rota.

Inicialmente, a empresa de guincho particular responsável do transporte havia informado que os motores seriam encaminhados para Sorocaba, no interior de São Paulo. Depois, o próprio Cenipa anunciou que o destino seria Goiânia, que “possui a estrutura e disponibilidade necessárias para que os técnicos realizem a análise dos equipamentos”.

Na noite de quarta-feira 10, a informação era que os motores seriam periciados na capital federal. Segundo o Cenipa, todos os materiais que podem se tornar evidências na investigação já foram retirados do avião. Para facilitar o transporte, as asas do bimotor foram cortadas. Como os motores estavam localizados em pontos de difícil acesso, os bombeiros pediram um dia para realizar a limpeza da mata no local do acidente.

-Publicidade-

A tragédia matou Marília Mendonça e mais quatro pessoas: o produtor Henrique Ribeiro; o tio e assessor da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho; o piloto Geraldo Medeiros Júnior; e o copiloto Tarciso Pessoa Viana.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.