Pacheco: ‘Manifestações são da vitalidade da democracia’

Ao avaliar atos de domingo, o presidente do Senado criticou os pedidos de fechamento do Supremo Tribunal Federal
-Publicidade-
O presidente do Senado usou as redes sociais para criticar as manifestações
O presidente do Senado usou as redes sociais para criticar as manifestações | Foto: Reprodução/AMM

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), usou as redes sociais para criticar as manifestações de 1º de maio realizadas no domingo.

De acordo com ele, “manifestações populares são expressão da vitalidade da democracia. Um direito sagrado, que não pode ser frustrado, agrade ou não às instituições”.

“O 1º de Maio sempre foi marcado por posições e reivindicações dos trabalhadores brasileiros. Isso serve ao Congresso, para a sua melhor reflexão e tomada de decisões”, publicou.

-Publicidade-

Nos protestos realizados no domingo, os manifestantes levantaram faixas e cartazes com críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF), o que incluía pedidos de destituição de ministros e cobranças diretas ao Senado, que tem a prerrogativa de analisar pedidos de impeachment contra integrantes da Corte.

O presidente do Senado criticou esses atos que pediam “intervenção militar e o fechamento do STF”.

“Manifestações ilegítimas e antidemocráticas, como as de intervenção militar e fechamento do STF, além de pretenderem ofuscar a essência da data, são anomalias graves que não cabem em tempo algum”, concluiu.

Carla Zambelli critica Pacheco e promete projeto de lei da liberdade

Em discurso neste domingo, 1º, na Avenida Paulista, a deputada Carla Zambelli (PL-SP) afirmou que vai levar à Câmara o projeto de lei da liberdade. Sem detalhes sobre o teor da proposta, a parlamentar ainda criticou a atuação recente de ministros do STF e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Zambelli falou ao público no final da tarde no ato da Avenida Paulista, organizado para defender a liberdade de expressão e em apoio ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), que enfrenta processo no STF.

“Vamos levar o projeto de lei da liberdade para a Câmara, para que ninguém fique para trás. Vamos pedir regime de urgência na proposta. São 72 autores que assinam esse projeto. Precisamos de 171 assinaturas para conseguir o regime de urgência e depois precisamos de maioria absoluta para aprovar o PL da liberdade. Ninguém vai ficar para trás nesse governo”, afirmou a deputada.

A deputada da linha de frente de militância de Jair Bolsonaro ainda criticou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Segundo Zambelli, o parlamentar tem sido fraco na defesa do Legislativo contra supostos abusos vindos do Judiciário.

No discurso, Carla Zambelli ainda afirmou que São Paulo precisa escolher um bom senador nas eleições deste ano. Segundo as palavras da deputada, alguém que ‘tenha coragem de fazer pedido de impeachment de ministros do STF quando eles merecerem’.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

33 comentários Ver comentários

  1. Essa figura sem brilho algum deveria estar se esforçando nos trabalhos para ajudar o desenvolvimento de nosso país. Ficar como um desocupado, dando palpites, não ajuda nada, ainda mais querendo formar citações de efeito sobre a democracia, que ele não sabe o que é, só pensa nos seus processos e peixadas no STF atual.

  2. Senador Pacheco! Na manifestação do dia 01 de maio, no Rio de Janeiro, lia-se na camisa de um cidadão a seguinte frase: “Não podemos fechar o STF mas podemos trocar os Senadores”. Então Senador, o povo pode sim pedir o fechamento do STF, mas como essa matéria passa obrigatoriamente pelo Senado, e sabendo que os Senhores do Senado nada farão para mudar nada, aliado ao fato de termos eleições em 2022, quem sabe a gente começa agora a mudar o quadro. Pode demorar um pouco, mas com persistência chegaremos lá. Fique atento Senador Pacheco, o povo está de olho. Em tempo: O povo pode pedir qualquer coisa Senador. A concessão ou não depende da lei, do diálogo, do Congresso, etc, é onde o Senhor de encaixa. Então, podemos mudar aquele, mudando este. O que o Senhor acha disso? LIBERDADE PARA O BRASIL E PARA OS BRASILEIROS.

  3. Esse foi eleito como voto de protesto contra a presianta. Não tem expressão alguma, e logo logo estará em seu lugar. O que precisa de fato mudar é a quantidade de senadores por estado (2 no máximo), além da urgente redução dos mandados. O bsta tá tão tranquilo assim porque está sentado nos 8 anos de mandato. Se tivesse que enfrentar as urnas, como o Lira, estaria por certo com o c na mão.

  4. Pacheco insulta a inteligência do cidadão brasileiro. Seja honesto Pacheco, faça jus a sua posição de presidente do Senado. Primeiro honre as calças qye veste. Faça uma avaliacão honesta sobre os fatos arguidos na manifestação. Pare de passar pano nos desmandos do STF. Eu creio que ninguém quer a dissolução da instituição STF, queremos freio nas decisões avessa a CF. Pacheco, o senhor é o grande responsável por tudo que vem acontecendo, a corda está sendo esticada dia a dia, inclusive já arrebentou. Estao querendo colocar fogo no Brasil e a culpa é sua!

  5. Sr. Pacheco, anomalia grave é sr como Presidente do Senado e principal interessado em sentenças do STF que o seu escritório de advocacia tem neste mesmo tribunal.
    Anomalia grave é ter um covarde na Presidencia do Senado.
    Anomalia grave é o Senado trabalhar contra os Brasileiros.
    Anomalia grave é o Senado observar o STF não seguir a Constituição e ainda ficar de quatro para seus membros, transformando o Senado em cúmplice do STF.
    Anomalia grave é a população ter que sair de casa para exigir que Poderes da República cumpram a Constituição.
    Anomalia grave é fazermos as manifestações ainda pacíficas, porque pela suas manifestações parece que só entenderão quando o pau cantar nas sua cabeças.
    Anomalia grave vai ser quando o pau cantar e está faltando pouco.

  6. Tenho certeza que MG corrigirá os rumos e, qdo a hr chegar, dará uma belo chute no rabo deste bundão que colocou no senado. Correção de erros, é sempre o momento …

  7. O STF é uma instituição necessária, ninguém discorda! Merece aprefeiçoamentos, o quê é natural e decorrente da evolução social. No entanto, o que se critica é a composição atual que não honra o histórico da mesma! Há que se utilizar as medidas previstas na própria CF/88 para garantir o equilíbrio e harmonia entre os Poderes da República, que têm sido vilipendiados diariamente, sem a atuação que seria de se esperar desse Senador! Zambelli está coberta de razão!

  8. Sugiro ao Augusto Nunes, que convide o Pacheco para entrevista no Direto ao Ponto e tenha entre os entrevistadores, Fiuza e Copolla. Esse sujeito não deve negar porque já esteve todo pomposo no RODA VIVA do Dória e da Vera.
    Além do mais, para que precisamos de 3 inúteis senadores por Estado? Não basta 1 Randolfe no Amapá?
    Mesmo em avançada idade (76) vou com prazer a uma manifestação verde amarela, pacifica e democrática para exigir a importante PAUTA que é a REFORMA POLÍTICA e JUDICIÁRIA. No LEGISLATIVO reduzir no mínimo 1/3 da Câmara Federal, Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais e o Senado à somente 1 por Estado. No JUDICIÁRIO o enorme contingente de funcionários nessas altas Cortes e extinguir essa jabuticaba brasileira que são o TSE e o TST. e transfira seus magistrados para realmente analisar e julgar processos em outros tribunais. Chega de maltratar recursos públicos tão necessários para a saúde, saneamento, segurança e habitação.

    1. Esse lazarento não gostoa do povo, em breve vai para a lata de lixo da história. Era melhor o eleitor mineiro ter eleito a anta, com certeza, atrapalharia menos do que esse paspalho, que só olha para seu umbigo, por conveniência.

  9. Pachequin tem o escritório do ódio que, é ou era sócio, “instalado” dentro do STF para defender a Vale e outros vagabundos. Tem empregados lá dentro pagos pelo Estado, então obviamente não admitirá colocar em votação o impeachment de algum súdito ou empregado do STF. Qq coisa nesse sentido será para ele um “ato antidemocratico”. É gente ruim. Gente do mal. Cheio de ódio. Advogado do diabo. Etc. Rs.

  10. Deixa eu te explicar uma coisa, Pachecuzão: se as massas pedem alguma coisa , essas coisas SAO DEMOCRATICAS, pois esse é o significado de democracia. Então cale sua boca imunda e preste atenção aos pedidos do povo. Seu merda.

  11. Sem as críticas nao existe a democrácia.As críticas alertam as autoridades envolvidas para reverem seus procedimentos,melhorarem sua postura e credibilidade perante o povo.

  12. Esse sujeito, ou está se fazendo de sonso é um imbecil completo. Não se trata e nunca houve essa manifestação a favor do fechamento de instituição nenhuma, mas sim da substituição de militantes políticos por juristas de escol (não se trata de marca de cerveja Skol, bem entendido, Pacheco?).

  13. Realmente o frouxo “pachequinho” está correto. Não podemos pedir fechamento do STF; saída de alguns dos seus membros sem duvidas. Porém o que deve ser fechado imediatamente é o senado. Oneroso, subserviente e inoperante. Não fará a menor falta!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.