-Publicidade-

Polícia faz operação contra fraudes em presídios do Estado do Rio de Janeiro

Duas advogadas e um agente penitenciário foram presos na ação
A Polícia Civil atuou em parceria com a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária
A Polícia Civil atuou em parceria com a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária | Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis cumprem nesta terça-feira, 9, mandados de prisão temporária contra suspeitos de falsificar alvarás de soltura para beneficiar presos no sistema penitenciário do Estado do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, duas advogadas e um agente penitenciário foram presos na ação de hoje. Outros dois suspeitos tiveram a prisão decretada. O esquema de falsificação de documentos permitiu que pelo menos três presidiários que cumpriam pena no Rio conseguissem sair da cadeia. João Filipe Cordeiro Barbieri, João Victor Silva Roza e Gilmara Monique de Oliveira Amorim foram soltos por meio de falsos alvarás de soltura expedidos em nome da Justiça Federal, entre outubro e novembro do ano passado. Os três continuam soltos. As falsificações foram descobertas em fevereiro deste ano, em investigação da Polícia Civil em parceria com a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária.

Leia também: “MPF abre investigação após traficante ser solto com alvará falso”

Com informações da Agência Brasil

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.