Polícia faz operação contra lideranças do sindicato dos motoristas de SP

Os agentes cumprem dez mandados de busca e apreensão em endereços de dirigentes do SindMotoristas
-Publicidade-
A operação, denominada Chapelier, é coordenada pela 1ª Delegacia Seccional Centro da capital paulista
A operação, denominada Chapelier, é coordenada pela 1ª Delegacia Seccional Centro da capital paulista | Foto: Divulgação

A Polícia Civil de São Paulo realiza nesta sexta-feira, 12, uma operação de busca e apreensão em endereços de lideranças do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano (SindMotoristas).

A polícia identificou uma célula de organização criminosa que, supostamente, atua dentro da representação sindical. Os envolvidos são suspeitos de lavagem de dinheiro, ocultação de bens, direitos ou valores e organização criminosa. Também são apurados crimes como ameaça, extorsão e apropriação indébita.

São cumpridos dez mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça estadual em endereços na capital paulista, Taboão da Serra e em Arauá, em Sergipe.

-Publicidade-

Ainda de acordo com a polícia, entre os alvos das buscas está o deputado federal cassado Valdevan Noventa (PL-SE). Ele é presidente licenciado do SindMotoristas em São Paulo.

A operação, denominada Chapelier, é coordenada pela 1ª Delegacia Seccional Centro.

O que diz o SindMotoristas

Por meio de nota divulgada por sua assessoria de imprensa, o SindMotoristas informou que o sindicato se coloca à disposição das autoridades para colaborar com a investigação da Polícia Civil.

“De modo preliminar, a entidade esclarece que se trata de apontamentos de eventuais indícios de um inquérito ainda em curso, ao qual nem mesmo os investigados e seus advogados tiveram acesso”, declarou.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Não e atoa que o presidente bolsonaro e muitas outras pessoas e entidades, são contra sindicatos. O sindicato por si só já é uma entidade que merece uma fiscalização seria por parte dos orgão federais. Existe muita coisa errada.
    Acho que agora vai ser desmantelada mais uma quardrilha de corruptos e que querem um brasil cada mais fraco e sendo explorado por gananciosos.
    Parabens a policia que esta fazendo este trabalho e a todos os envolvidos.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.