Cinemateca: Corpo de Bombeiros suspeita que incêndio em galpão começou em ar-condicionado

Polícias civil e federal apuram o caso
-Publicidade-
Agentes apuram responsabilidades pelo ocorrido
Agentes apuram responsabilidades pelo ocorrido | Foto: Clara Angeleas/Secretaria Especial de Cultura

O Corpo de Bombeiros informou nesta sexta-feira, 30, que a causa do incêndio que tomou conta do galpão da Cinemateca em São Paulo pode ter começado em um ar-condicionado. O aparelho estava em uma das salas de acervo histórico de filmes, no primeiro andar. O aparelho passava por manutenção.

Uma faísca teria dado início ao fogo, e a equipe não conseguiu controlá-lo. Ainda não há dados sobre o que foi destruído. No prédio, ficavam arquivados cerca de 1 milhão de documentos da antiga Embrafilme. Alguns tinham mais de 100 anos e seriam levados para um futuro museu do cinema brasileiro.

Investigação

-Publicidade-

As polícias civil e federal estão investigando as causas. Os agentes contam com apoio de técnicos da Secretaria Especial da Cultura do governo federal, responsável por administrar a unidade em parceria com as esferas estadual e municipal.

“Após extinção total do fogo, o local, que possui Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros será vistoriado e periciado pelo Instituto de Criminalística e a Polícia Civil prosseguirá com as investigações para esclarecer as causas do incêndio”, informa trecho da nota da Secretaria Estadual da Segurança Pública de São Paulo, publicada nesta sexta-feira, 30.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro