-Publicidade-

Pontos turísticos do Rio reabrem neste sábado

Ministro do Meio Ambiente participou de cerimônia de reabertura do Parque Nacional da Tijuca, fechado há cinco meses

Ministro do Meio Ambiente participou de cerimônia de reabertura do Parque Nacional da Tijuca, fechado há cinco meses

cidade do rio de janeiro, pontos turísticos, reabertura, ricardo salles, ministério do meio ambiente
O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participa de evento privado de reabertura do Cristo Redentor – Foto: Reprodução/Twitter

Os principais pontos turísticos do Rio de Janeiro finalmente reabriram neste sábado, 15, depois de mais de cinco meses fechados por causa da pandemia de coronavírus.

Um dos que se mostraram mais felizes com a retomada das atividades na capital fluminense foi o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles:

Salles participou do evento de retomada dos dois símbolos cariocas juntamente com o cardeal do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta.

Além do Cristo Redentor e do parque, o Bondinho do Pão de Açúcar, a RioStar — roda-gigante panorâmica da cidade —, o Trem do Corcovado e o AquaRio são outras atrações que já estão abertas ao público. Algumas, inclusive, com desconto para moradores.

Guias turísticos circulavam desde o começo da manhã pelos locais. Alguns oferecendo seus serviços gratuitamente, apenas pela alegria de voltarem a trabalhar.

Todos os espaços passaram por sanitização específica para coronavírus e quem quiser visitar as atrações precisará cumprir o protocolo sanitário da cidade, como utilização de máscara, álcool gel e distanciamento social.

“O importante é olhar para frente”, enfatizou Salles. “O Brasil, como um todo, se envolve agora nesse esforço de reabertura segura, olhando para a saúde das pessoas, evidentemente em primeiro lugar, mas junto com isso com a sobrevivência econômica”.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês