Prefeito de Manaus gasta R$ 100 mil de dinheiro público para correr maratona

A prefeitura pagou a viagem de David Almeida e da sua equipe para o evento na Espanha
-Publicidade-
Prefeito David Almeida correu 42 quilômetros na Maratona de Barcelona
Prefeito David Almeida correu 42 quilômetros na Maratona de Barcelona | Foto: Reprodução/Redes sociais

O prefeito de Manaus, capital do Amazonas, David Almeida (Avante), viajou no último fim de semana à Espanha, acompanhado de sua equipe, para um compromisso um tanto inusitado.

Ele participou da famosa e concorrida Maratona de Barcelona, que ocorreu em 8 de maio e reuniu mais de 30 mil pessoas. O prefeito correu 42 quilômetros e registrou e publicou nas redes sociais cada passo.

“Além de me proporcionar este momento incrível, nesta maratona eu puder avaliar o meu nível como atleta”, escreveu Almeida nas redes sociais. Ele completou a prova em 4 horas e 36 minutos.

-Publicidade-

No entanto, segundo a Câmara dos Vereadores de Manaus, Almeida gastou em torno de R$ 100 mil de dinheiro público para participar do evento. O Legislativo aprovou um requerimento para que o prefeito explique a despesa.

O que chamou a atenção dos vereadores foi o fato de a prefeitura não ter divulgado no Diário Oficial nem no Portal da Transparência o valor gasto com a viagem.

“O que nós questionamos é tudo aquilo que já deveria ser público, nós queremos saber por que os dados não estão no Portal da Transparência nem no Diário Oficial. Nem dessa viagem nem de outras, e por qual razão a prefeitura tem demorado, tem se recusado a responder”, disse o vereador Amom Mandel (Cidadania).

“A gente não tem nenhuma informação de quantas pessoas foram, só sabe que foram muitas. E quanto custou essa viagem, quanto custou esse tour com dinheiro público aqui da população da cidade de Manaus”, destacou o vereador Rodrigues Guedes (Republicanos).

Viagem para incentivar o turismo

A prefeitura de Manaus confirmou que pagou os gastos do prefeito e da comitiva que o acompanhou a Barcelona. Segundo a nota, a viagem tinha o objetivo de “incentivar o turismo na capital amazonense, que faz aniversário em outubro e pretende realizar uma maratona também”.

O Executivo explicou que a comitiva foi formada, além do prefeito, por servidores ligados à organização e divulgação da Maratona de Manaus, com custo de R$ 72 mil referentes às passagens de agentes públicos e R$ 32 mil para diárias dos servidores, despesas de hospedagem, deslocamentos e alimentação.

A prefeitura ainda afirmou que o prefeito David Almeida abriu mão de suas diárias e que as informações detalhadas relacionadas aos servidores da comitiva estarão disponíveis no Portal da Transparência assim que as prestações de contas forem finalizadas.

Leia também: “O país do pagador de impostos”, reportagem publicada na edição 82 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Mais um ladrão vagabundo que acha que a população tem que pagar por suas mordomias…herança maldita do PT e PSDB, mostrando que no Brasil, políticos fazem o que querem, já que não tem nenhum freio. Os partidos políticos são organizações criminosas estabelecidas, que agem igual as facções de bandidos… pobre Brasil, aliás, pobres dos brasileiros sempre carregando nas costas esses malas. Só Bolsonaro nos salvará, como está salvando!

  2. Com o aval do SPTF, do PTSE e da milicada que ouve as afrorntas dos iluministros petistas e ficam quietas (gostam de apanhar de petista) porque estão mancomunadas para eleger o ladrão de 9 dedos.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.