Prefeitura de Aracaju confirma quatro mortos após incêndio em hospital

Fogo atingiu uma ala destinada ao tratamento de pacientes com covid-19; suspeita inicial é a de que as chamas tenham começado devido a uma falha no sistema de ar condicionado
-Publicidade-
Quatro pessoas morreram após incêndio em hospital de Aracaju
Quatro pessoas morreram após incêndio em hospital de Aracaju | Foto: Reprodução/TV Sergipe

A prefeitura de Aracaju (SE) confirmou que quatro pacientes internados no Hospital Doutor Nestor Piva morreram após um incêndio na manhã desta sexta-feira, 28. Como noticiamos mais cedo, o fogo atingiu uma ala destinada ao tratamento de pacientes com covid-19.

De acordo com a prefeitura da capital sergipana, três vítimas morreram no local e uma idosa de 77 anos faleceu durante a transferência para o Hospital de Urgência Governador João Alves Filho (Huse).

Leia também: “Incêndio atinge ala de covid de hospital em Aracaju e deixa feridos”

-Publicidade-

Trinta e cinco pacientes tiveram de ser removidos às pressas e transferidos para os hospitais da Polícia Militar (HPM), Santa Isabel, Senhor dos Passos, Primavera, Hapvida, Fernando Franco e leitos do Caps Jael Patrício, além do Huse.

A suspeita inicial é a de que as chamas tenham começado devido a uma falha no sistema de ar condicionado do hospital. O caso está sendo investigado.

Leia mais: “Maranhão: funcionários do hospital que tiveram contato com infectados com variante indiana testam negativo para a cepa”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.