-Publicidade-

Prefeitura de São Paulo autoriza volta das aulas presenciais no dia 12

Caso a fase emergencial do plano do governo do Estado de combate à covid-19 seja novamente prorrogada, retorno dos alunos pode ser suspenso
Aulas presenciais em São Paulo devem ser retomadas no dia 12 de abril
Aulas presenciais em São Paulo devem ser retomadas no dia 12 de abril | Foto: Danilo. M. Yoshioka/Futura Press/Estadão Conteúdo

A prefeitura de São Paulo autorizou a retomada das aulas presenciais nas redes pública e privada de ensino a partir do dia 12 de abril. A determinação consta do decreto 60.158/21, publicado na edição desta quinta-feira, 1º, do Diário Oficial do Município. A fase emergencial do PlanoSP de combate à covid-19, criado pelo governo do Estado, vai até o dia 11 de abril.

Leia mais: “Doria reconhece escolas como atividade essencial em São Paulo”

No decreto da prefeitura da capital paulista, fica determinado que a volta às aulas presenciais pode ser novamente cancelada, dependendo de eventuais novas restrições impostas pelo governo do Estado. Ou seja: caso a fase emergencial seja prorrogada mais uma vez, as aulas presenciais podem ser novamente suspensas.

“O retorno às atividades presenciais ocorrerá no dia 12/04/2021, condicionado à decisão da Secretaria Municipal da Saúde, e com prioridade aos profissionais dos serviços essenciais: saúde, educação, assistência social, transporte público, segurança e serviço funerário, limitado ao percentual 35% dos estudantes”, diz o texto do decreto.

Leia também: “Escolas fechadas aumentam o número de alunos incapazes de ler textos simples”

Além disso, também foi publicada uma instrução normativa da Secretaria Municipal da Educação que estende o recesso escolar na rede municipal até o dia 9 de abril.

Em entrevista coletiva na terça-feira 30, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou que as decisões relacionadas à volta das aulas presenciais são tomadas a partir da avaliação da Vigilância Sanitária. “É o que vai determinar se já é possível retornar e de que forma é possível retornar”, disse o tucano.

Leia também: “O fracasso do lockdown”, reportagem publicada na Edição 45 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.